Matões do Norte: Secretário Antonio Luís participa do III congresso maranhense de consórcios intermunicipais

O secretário de Meio Ambiente de Matões do Norte participou durante os dias 22, 23 e 24 de agosto do III Congresso Maranhense de Consórcios Intermunicipais, no auditório Fernando Falcão na Assembleia Legislativa do Maranhão. O evento é uma iniciativa do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses (CONLAGOS), com o apoio da Assemae.

O Congresso visa promover um amplo debate, em âmbito regional e estadual, sobre a Política Nacional de Saneamento Básico e Gestão Integrada, Saúde, Segurança, Educação, entre outros temas, envolvendo os diversos atores sociais e entidades públicas (Federais, Estaduais e Municipais).

O Congresso é voltado para prefeitos, secretários, vereadores, gestores, pesquisadores, estudantes e sociedade civil, visando promover um amplo debate, em âmbito regional, sobre temas como a política nacional de saneamento básico e a gestão integrada com a saúde, segurança e educação. A Assemae participou de três mesas-redondas, incluindo a presença do presidente nacional da entidade, Aparecido Hojaij, além do presidente da Regional Nordeste II, João Francisco Lima, e do secretário executivo, Francisco Lopes.

A programação contou com a realização da palestra magna sob o tema “Consolidando o Desenvolvimento Territorial enquanto Política de Estado”; e de mesas de diálogos a partir das temáticas “Política Nacional de Saneamento – 10 anos da Lei 11.445/2007”; “Situação dos Planos de Saneamento Básico no Maranhão”; “A Regulação como Instrumento de Garantia de Sustentabilidade da Política de Saneamento Básico”; “Regiões de Planejamento e a Descentralização das Políticas de Estado”; “Estratégias e Ações Regionalizadas na Implementação do SUS no Maranhão”; e “Segurança e Iluminação Pública: Atribuições dos Municípios no Contexto Inter federativo”.

O secretário Antônio Luís avaliou como positiva esse encontro “Este encontro é sem sombra de duvidas, um espaço democrático onde estamos colocando a realidade do nosso município, acredito que com esse amplo debate sairá soluções inovadoras para elaborarmos nossa Política de Saneamento Básico e Gestão Integrada” – avaliou

ASSECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *