Maranhão é apontado como o Estado com o menor preço da gasolina

Nos últimos 5 meses, o Governo Federal já reajustou o preço da gasolina em 8,96%. Só em abril, foram 19 aumentos, em 30 dias; em maio, 12. Porém, mesmo com todos esses reajustes, o Maranhão ainda mantém o menor preço do combustível no Brasil. Em São Luís, o preço médio da gasolina é R$ 3,787. Essa conquista deve-se ao trabalho realizado pelo PROCON/MA, por meio de centenas de fiscalizações realizadas em todo o Estado.


A Petrobras adota esse novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho de 2017. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente. Desde então, o preço da gasolina comercializado nas refinarias acumula alta de 57,34% e o do diesel, valorização de 57,78%.

Semana passada, o preço médio do litro de gasolina atingiu máximas, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Para os consumidores o preço ficou em R$ 4,257, diante de R$ 4,225 na semana anterior, o que corresponde a uma alta de 0,76%. Na última pesquisa, havia recuado 0,02%.

Em 2014, o preço da gasolina em São Luís era vendida a R$ 2,686 e em dezembro do mesmo ano já estava a R$ 3,086. Na época, a capital ocupava o 280° no ranking. Pela planilha da ANP, em dezembro de 2014, a cidade mais cara era Cruzeiro do Sul no Acre (R$ 3,867) e a mais barata era Igarassu em Pernambuco (R$ 2,802).

Para a presidente do PROCON/MA, Karen Barros, essa nova política de preços do Governo Federal nas refinarias está trazendo prejuízo para consumidores e empresários brasileiros e por isso, o órgão vai acompanhar de perto para evitar essa situação. “Estamos intensificando nossas fiscalizações. Já notificamos os postos e as distribuidoras, e pedimos sempre que os consumidores denunciem ao PROCON em caso de abusividade”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *