Se entrega a polícia suspeito de crime contra terceirizados da Cemar

Pablo Martins da Silva foi até a Superintendência de Homicídios, em São Luís, onde foi cumprido mandado de prisão temporária.

Pablo Martins da Silva se apresentou na SHPP e confessou ter matado dois terceirizados da Cemar na última terça (15) — Foto: Ádria Rodrigues

A Polícia Civil efetuou a prisão nesta terça-feira (22) de Pablo Martins da Silva, de 18 anos, após ele se apresentar na Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em São Luís. Ele confessou ter participado do assassinato de dois terceirizados na Companhia Energética do Maranhão (Cemar), na última terça (15).

Segundo a polícia, Pablo já havia cometido outros crimes e será encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Ele pode ser indiciado por homicídio qualificado.

“Ele diz que estava na casa dele, quando funcionários da terceirizada da Cemar chegaram para suspender a energia devido ao não-pagamento da conta de energia. Ele [Pablo] teria pedido para não cortar porque tinha uma criança lá. Ele os ameaçou de morte e foi até outro adolescente. Depois, os dois encontraram os funcionários e efetuaram os disparos. (…) Depois do crime, ele [Pablo] diz que teria jogado a arma de fogo em um matagal, mas equipes aqui da SHPP foram até lá e não encontraram a arma. Há informações ainda de que essa arma seria de um chefe da região, conhecido como ‘chacal'”, informou o delegado Jeffrey Furtado.

O crime

De acordo com a polícia, as vítimas teriam ido até o Sítio Natureza realizar a interrupção de energia elétrica em uma das residências e, após a realização do serviço, foram surpreendidos por disparos de arma de fogo quando já estavam no veículo da empresa.

Prestadores de serviços da Cemar foram executados no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar — Foto: Reprodução/TV Mirante

João Victor e Francivaldo Carvalho não resistiram a gravidade dos ferimentos e morreram no local. Por meio de nota, a Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informaram que acompanharão os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais que deverão identificar as causas que levaram ao homicídio. As empresas lamentaram o ocorrido e se solidarizaram com os familiares.

Nova fase de prolongamento da Litorânea avança

O prolongamento da Avenida Litorânea para instalação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) é a maior obra de mobilidade urbana intermunicipal do Maranhão. As obras já entraram em uma nova etapa.

O Governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), iniciou serviço de terraplenagem e aplicação de mantas e pedras de contenção no trecho de quase 2 mil metros na extensão. Vai da altura do Rio Pimenta até a Avenida São Carlos, entre a Avenida Litorânea e a Praia do Olho d’Água.

“Estamos aplicando uma contenção com aterro de pedras e mantas que impedem tanto a saída de material para a praia, quanto a entrada de água e possíveis infiltrações que podem causar deformações no pavimento. É uma ação complexa em função da orla, da água e das particularidades da região”, explica o presidente da MOB, Lawrence Melo.

O prolongamento da Avenida Litorânea compõe a primeira fase de implantação do sistema de tráfego binário de transporte tipo BRT. Com investimentos de R$ 140 milhões, além do novo tipo de transporte, a obra vai requalificar a Avenida Litorânea e a Avenida dos Holandeses.

Será feita a instalação de ações de urbanização, paisagismo, ciclovias, calçadas, estacionamentos e áreas para caminhada numa extensão de 20 km, beneficiando os moradores de São Luís e das cidades de Raposa e Paço do Lumiar.

Fonte: Gilberto Léda 

Prefeito Dutra é alvo de fake news

Apresentação de equipamentos está sendo disseminada nas redes sociais como entrega de apenas um filtro de barro.

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), virou alvo de fake news nas redes sociais após ele próprio divulgar em sua conta pessoal no Facebook a entrega simbólica de kits sanitários à comunidade Nova Luz, localizada na zona rural do município.

Segundo checagem feita pelo ATUAL7, na publicação, o comunista informa, com diversas imagens para comprovar, que cada kit sanitário entregue contém vaso sanitário, pia, fossa, caixa d’água, dentre outros itens.

Na falsa informação que está sendo disseminada, porém, apenas a imagem em que ele aparece segurando um filtro de barro foi utilizada, fora do contexto, induzindo os usuários a desinformação de que a solenidade teria sido feita para a entrega apenas desse único produto.

Apesar de Dutra informar que foram entregues 98 kits sanitários para a comunidade, e que a estrutura que aparece na imagem trata-se de um banheiro com os benefícios já instalados, a fake news que ganhou as redes sociais informa que seria uma escola.

Abaixo, a publicação original feita pelo prefeito de Paço do Lumiar:

Fonte: Atual7

Vídeo: Militares da Marinha dançando ‘Jenifer’ estão sobre investigação

 

 

A Marinha do Brasil instaurou um processo administrativo para apurar um vídeo em que um grupo de militares aparece dançando a música “Jenifer” em um navio oficial.

A embarcação, segundo a Marinha, é o Aviso de Instrução Guarda-Marinha Brito, que fica sediado no Rio de Janeiro. A gravação foi feita durante o estágio de mar de militares.

Em nota, a Marinha informou que “foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições da Marinha” e que, para ampliar a apuração do ocorrido, foi instaurado um procedimento administrativo “cuja conclusão, certamente, conterá as propostas pertinentes às necessárias correções no inaceitável comportamento”.

Fonte: G1 do Rio

Guimarães: Morre a prefeita Margareth Ribeiro

Na madrugada desta segunda-feira (21), a prefeita de Guimarães, Margareth Ribeiro, morreu vítima de câncer em São Luís.

Segundo informações, a gestora de 57 anos estava internada no Hospital São Domingos, após passar mal em sua cidade. Ela lutava contra a doença desde 2017.

Margareth chegou a iniciar o tratamento contra o câncer no Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), no Rio de Janeiro. Na época, ela se afastou do cargo por pouco mais de três meses, entre o final de março, e o início do mês de julho.

Após sessões de quimio e radioterapia, reassumiu a Prefeitura.

Fonte: Neto Ferreira

Fenômeno de Janeiro: Veja o horário do eclipse lunar

Na madrugada de 21 de janeiro ocorrerá o primeiro eclipse total do ano.

O eclipse lunar total com Superlua de Sangue será visível na madrugada de 21 de janeiro .

Na madrugada de segunda-feira, 21 de janeiro (da noite de domingo para o despontar da segunda-feira) irá ocorrer o primeiro eclipse lunar total do ano de 2019, que resultará em uma Superlua de Sangue visível na América do Norte, América do Sul, oeste da Europa e África.

No ano passado um fenômeno semelhante foi visível nos últimos dias de janeiro, com a junção de uma superlua azul com eclipse e lua de sangue, uma coincidência que não acontecia fazia 150 anos.

Desta vez, o eclipse lunar total irá resultar em um superlua de sangue, conhecida desde a Idade Média como ‘Lua de Sangue de Lobo’, que fazia referência de uma forma mais próxima das ideias esotéricas à lua cheia de janeiro que coincidia com os uivos dos lobos nas noites de inverno no hemisfério Norte. Este fenômeno astronômico se dá durante um eclipse lunar total em que o sol e a lua se alinham, de modo que a atmosfera da Terra depura a luz azul e verde dos raios solares, mas deixa passar a vermelha. Por esta razão, a lua vai ficar tingida com o reflexo do brilho avermelhado que chegará a ela procedente da atmosfera e criará a chamada Superlua de Sangue que só será visível nas partes do planeta em que será possível ver o eclipse lunar.

Na Europa Ocidental e noroeste da África o amanhecer será o melhor momento para observar o progresso da Lua de Sangue, que vai durar 62 minutos, terá a sua primeira fase às 3h34 e atingirá o apogeu por volta de 5h12, quando poderá ser visto de diferentes regiões ocidentais da Europa, no noroeste da África e no continente americano.

A Superlua de Sangue é o primeiro fenômeno astronômico de 2019 e só voltará a se repetir com as mesmas características em maio de 2021.

A superlua de sangue lobo poderá ser vista na Espanha e no restante da Europa entre as 2h33 e as 5h50 da madrugada de segunda-feira.

Horários para ver a Superlua de Sangue na América

Na América Latina, poderá ser vista entre 23h36 de domingo e 4h40 de segunda-feira e o apogeu dos fenômenos será às 2h12 para a Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai. No Brasil, o ponto máximo do eclipse vai ocorrer às 3h12, mas o fenômeno todo poderá ser observado de 0h36 a 5h48 da segunda-feira.

Em Cuba, Peru, Colômbia e Nova York, a superlua ocorrerá entre 21h30 de domingo e 2h48 de segunda-feira, e o ponto alto será pouco depois da meia-noite, à 0h12.

No México, a Superlua de Sangue será visível entre 9h33 e 0h50, e o apogeu está previsto para 22h13, quando o fenômeno ficará mais evidente na Cidade do México.

Fonte: El País

No Maranhão índios awa-guajá tem áreas ameaçadas de invasão

O Ministério Público Federal no Maranhão solicitou à Justiça medidas urgentes para evitar uma invasão na terra indígena Awá-Guajá.

Os índios awa-guajá estão mobilizados para buscar proteção. Alguns vestem roupas camufladas, são de um grupo que eles chamam de vigilantes da floresta e que monitoram.

A terra Awá-Guajá está na região mais preservada do que resta da Floresta Amazônica no Maranhão e que agora está ameaçada por posseiros. A Funai diz que o desmatamento avança e já tem gado pastando dentro da área demarcada.

Na madrugada de quinta-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão de toras de madeira extraída ilegalmente da área indígena.

Nesta sexta-feira (18), uma reunião discutiu estratégias para proteger a área de novas invasões com a participação de lideranças indígenas de tribos da região, ONGs que defendem os direitos dos índios e ativistas.

Os índios awa-guajá habitam uma área quase do tamanho da cidade do Rio de Janeiro na divisa do Maranhão com o Pará. São cerca de cem índios. Muitos vivem isolados e nunca tiveram contato com o homem branco.

“A terra indígena Awa-Guajá teve todo o seu processo concluído. Hoje, qualquer ocupação, invasão, volta das pessoas para essa terra, é inconstitucional, é ilegal”, afirma a líder indígena Sonia Guajajara.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, já garantiu que o governo vai respeitar os territórios indígenas demarcados legalmente. Como é o caso da reserva dos awa-guajá.

A área foi regulamentada como terra indígena em 2005. Em 2014, 427 famílias que ocupavam a área foram retiradas e realocadas em assentamentos na região. E enquanto outros posseiros estão invadindo a terra indígena, as famílias que foram retiradas de lá dizem que cinco anos se passaram e ainda falta estrutura para que elas continuem com o plantio de subsistência que tinham na área onde viviam. Alguns ainda estão em barracas de palha improvisadas.

Em depoimentos gravados nesta semana, assentados reclamam da situação. “O Incra prometeu tantas e tantas coisas para nós: água potável, unidade básica de saúde, unidade escolar, energia, casa, terra cortada. E hoje, eles estão fazendo o que com nós? Jogaram nós aqui, largaram de mão, como indigente”, diz um assentado.

“O que ficou restando foi essa casinha de palha aqui, que foi nós mesmos que fizemos. Eles deram foi até uma lona para a gente fazer, mas se fosse na lona já tinha se acabado há muito tempo”, afirma outro.

O Incra informou que 60 famílias ainda não foram assentadas porque não quiseram morar em outra região. E informou ainda que está tentando resolver o problema da falta de estrutura nos assentamentos, mas que depende de repasses do governo federal que ainda não foram feitos.

O Ministério da Agricultura declarou que a nova estrutura da pasta, que contempla o Incra, só passa a valer no dia 25 de janeiro e que, por este motivo, não sabe responder sobre os repasses de verbas.

Fonte: Jornal Nacional 

Famem: Disputa fica tensa entre Cleomar Tema e Erlânio Xavier

Sem consenso, Cleomar Tema e Erlânio Xavier brigam pelos votos dos prefeitos maranhenses. Pleito está marcado para acontecer no próximo dia 30.

Faltando pouco mais de duas semanas para que os prefeitos maranhenses decidam quem vai comandar a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) pelo biênio 2019/2020, em vez do esperado consenso, a eleição para a entidade se transformou numa disputa entre a defesa do municipalismo e o controle do poder.

A primeira candidatura é representada pelo prefeito de Tuntum e atual presidente da federação, Cleomar Tema (PSB), que se credencia para reeleição após reconhecido trabalho pelo fortalecimento dos municípios, reestruturação da entidade e aproximação institucional saudável entre os prefeitos e os governos estadual e federal, órgãos de controle externo e a bancada maranhense em Brasília. A segunda pelo prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), tutelada pelo deputado federal e senador eleito, Weverton Rocha (PDT), que tenta se antecipar como força política absoluta para as eleições de 2022, de olho na sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB) no Palácio dos Leões.

A contrastação tem sido feita pelos próprios prefeitos maranhenses que vêm se manifestando sobre o pleito, marcado para acontecer no próximo dia 30.

Segundo todos os que já se posicionaram publicamente a respeito da disputa, a Famem tem vivenciado o melhor de sua história nos últimos dois anos, e a possibilidade de mudança na gestão está sendo discutida entre poucos apenas em razão de influência externa, que tenta se impor no poder.

Nas duas últimas semanas, por exemplo, diversos prefeitos e uma prefeita (Henrique Salgado, de Pindaré-Mirim; Dr. Washington, de Bacuri; Ruivo, de Cantanhede; Miguel Lauande, de Itapecuru-Mirim; Zé da Folha, de São Domingos; Valmira Miranda, de Colinas; e Arlindo Filho, de Fortuna) pontuaram exatamente a representatividade e legitimidade de Cleomar Tema para continuar no comando da entidade.

Dino e o vice-governador Carlos Brandão (PRTB) aproveitaram para também manifestar a preferência pela permanência de Tema na presidência da Famem.

Fonte: Atual7.com

Famem: Cresce a campanha do prefeito Erlânio Xavier

 

A chapa “Humberto Coutinho”, encabeçada pelo prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, que disputa o comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) no pleito que acontece no próximo dia 30, conquista novas adesões a cada dia.

Uma mostra disto foi o encontro promovido para o lançamento da chapa nesta quarta-feira (16), no Rio Poty Hotel, em São Luís, reunindo 126 prefeitos.

O número de gestores que compareceu ao evento, no entanto, não reflete a realidade do total de apoiadores do grupo. De acordo com a coordenação da chapa, dos 195 prefeitos do estado aptos a votar, 163 já declararam estar ao lado de Erlânio Xavier em sua candidatura para o biênio 2019-2020.

Um dos que declarou apoio a Erlanio foi o prefeito de Carutapera, André Dourado. “Ele tem grandes propostas para a Famem e representa uma renovação”, declarou. E acrescentou que alinhado ao deputado Josemar de Maranhãozinho e aos prefeitos da região que o apoiam, está firme neste propósito de eleger a chapa Humberto Coutinho.

Outro que aderiu ao grupo foi o prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho. Segundo ele, apoia a chapa comandada pelo prefeito de Igarapé Grande, antes de tudo por estar cumprindo um acordo feito na eleição anterior, quando foi pré-candidato e desistiu de concorrer em favor da unidade em torno do nome do atual presidente, o prefeito de Tumtum, Cleomar Tema, na condição de que neste pleito, este abriria mão de uma possível reeleição para apoiar um outro nome de consenso.

O prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, acredita no nome de Erlanio para comandar a Famem pelo seu perfil de político atuante e de prefeito competente. “Sem dúvida, ele prestará um relevante trabalho à frente da Federação, para que possamos fortalecer ainda mais os municípios”, disse.

Propostas – O nome de Erlanio Xavier para o comando da entidade surgiu após uma reunião com 62 prefeitos, dos quais apenas um não o apontou como possível presidente. Em seu favor, o prefeito conta com a aprovação de sua gestão por 95% da população de Igarapé Grande, dado apontado por uma pesquisa realizada pelo Instituto Data M, em dezembro do ano passado.

“Entre nossas propostas está a construção da nossa sede, cujo terreno já nos foi cedido pelo Governo do Estado, sem que, no entanto, fosse construída”, destacou Erlanio. Ele explicou que a ideia é reduzir custos com o aluguel do imóvel atual, oferecendo também mais estrutura e conforto para os associados participarem de cursos e treinamentos na Escola de Gestão Municipal, que será reativada, outra proposta do programa.

Das oito prioridades definidas pela chapa para o biênio, ainda consta a realização de encontros regionais para aproximar a Famem de todas as regiões maranhenses e a realização de eventos com palestras nacionais sobre temas relacionados à gestão pública, além da criação de uma representação em Brasília para o atendimento aos prefeitos.

Matões do Norte vai ganhar novo Estádio Municipal

Uma ampla e completa modernização da infraestrutura do novo e moderno Estádio do município está orçado na ordem de $ 968.421,77. O investimento na cidade é fruto de uma parceria dos governos Federal e Municipal por meio do Ministério do Esporte.

A obra está sendo executada a topo vapor por profissionais da construção civil que já começam a erguer arquibancadas, bancos, banheiros, vestiários e muros de contenção, além da restauração de todo o gramado, dando lugar aos espaços planejados.

Com a determinação do prefeito padre Domingos, a prefeitura pretende incrementar e valorizar ainda mais às práticas esportivas da cidade, pois o novo estádio apresenta características modernas e tratará mais seguranca e conforto aos cidadãos usuários.