Dados da saúde mostra que Maranhão atinge 90 % de vacinação contra gripe

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) foram mais de 1,3 milhões de doses aplicadas. Campanha encera nesta sexta-feira (22) em todo o estado.

Campanha de vacinação foi realizada em 217 municípios do Maranhão

O Maranhão atingiu até essa quinta-feira (21) mais de 90% de cobertura vacinal em todo o estado, informou a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A campanha de vacinação foi realizada nos 217 municípios e encera nesta sexta-feira (22).

Continue lendo

Vereador Dr. Gutemberg Homenageia profissionais da Oncologia maranhense

A oncologia maranhense e o trabalho dedicado de centenas de profissionais que trabalham na área foram destaque, nesta quarta-feira (20), em solenidade ocorrida na Sala Vip da Câmara Municipal de São Luís. A iniciativa do evento foi do vereador e médico Gutemberg Fernandes de Araújo, que contemplou instituições e hospitais públicos e privados. “Essa grande solenidade surgiu da necessidade de fazer justiça a homens e mulheres abnegados que dedicam conhecimento e tempo para cuidar daqueles que padecem desse mal, mas também para servir de alerta para as práticas preventivas”, justificou o parlamentar. “ Esta homenagem é uma forma de parabenizar homens e mulheres que não medem esforços para fazer a diferença na vida dos outros. A Câmara reconhece quem trabalha pela saúde do povo do Maranhão”, afirmou o vereador.

Continue lendo

É alto o número de casos de Aids no Maranhão

Pessoas entre 20 a 34 anos, maioria homens estão entre os mais infectados pela doença.

Entre os anos de 1985 a 2017, o Maranhão registou 17.773 casos de Aids, sendo 62,8% do sexo masculino (11.165 casos) e 37,2% do sexo feminino (6.608 casos). Com relação às Regiões de Saúde, a de São Luís possui 45,3 % das notificações (8111 casos), vindo em seguida a Região de Imperatriz com 9,3% (1654 casos).

Continue lendo

PREFEITURA DE BACABEIRA ADOTA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO NA SAÚDE

Humanização é a ação ou efeito de humanizar, de tornar humano ou mais humano, tornar benévolo, tornar afável.A Política Nacional de Humanização definida pelo Ministério da Saúde, se pauta em três princípios: inseparabilidade entre a atenção e a gestão dos processos de produção de saúde; transversalidade e autonomia e protagonismo dos sujeitos.

Para se efetivar a humanização é fundamental que os sujeitos participantes dos processos em saúde se reconheçam como protagonistas e corresponsáveis de suas ações, buscando garantir a universalidade do acesso, a integralidade do cuidado e a equidade das ofertas em saúde.

Em Bacabeira, sua implantação acontece devido a necessidade de avanço e qualificação do sistema municipal de saúde, além de ser a proposta de governo de número 04 da Prefeita Fernanda Gonçalo. É evidente que será um processo lento, porém deverá garantir melhorias na relação e nos processos de atenção ao usuário.

Na área da saúde bacabeirense, a humanização é definida como a busca pelo melhor atendimento aos pacientes, logo, assim sendo, a política de humanização surge como uma resposta a vários pedidos da população do município que clamava por um bom atendimento por parte dos colaboradores da saúde.

A aplicabilidade do processo ocorre agora em 2018 após estudos nos setores da área da saúde e triagem obtida através de reclamações feitas ao longo de 2017.

Sem dúvidas a prefeitura de Bacabeira Fernanda Gonçalo desenvolve uma gestão participativa onde o principal objetivo é atender os anseios da população.

Chega a mais de 20% os municípios com risco de surto da dengue no Brasil

O mapeamento foi feito com base no Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), os dados foram coletados entre janeiro e meados de março.

Dados do Ministério da Saúde revelam que 1.153 municípios brasileiros, o que corresponde a 22% do total, têm alto índice de infestação e risco de surto para dengue, zika e chikungunya, o que indica a necessidade de intensificar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças, mesmo durante o outono e o inverno. Nessas estações, a tendência seria de cair a incidência de doenças associadas ao mosquito.

Continue lendo

Santa Rita: UBS de Placa de Recurso em pleno funcionamento

GESTÃO DO PREFEITO HILTON GONÇALO AVANÇA NA SAÚDE DE SANTA RITA, UBS PLACA DE RECURSO EM PLENO FUNCIONAMENTO.A UBS do povoado Placa de Recurso, situada dentro dos limites do município de Santa Rita, se encontra em pleno funcionamento. Aberta ao publico no mês de abril, a unidade básica dispõe diariamente de enfermeira e médica para prestar atendimento básico à moradores da localidade. Continue lendo

Dr. Hilton Gonçalo avança com modernização na área da saúde de Santa Rita

SAÚDE DE SANTA RITA RECEBE ATENÇÃO ESPECIAL NA GESTÃO DO PREFEITO Dr. HILTON GONÇALO

Um dos destaques da gestão do prefeito Dr Hilton Gonçalo à frente da Prefeitura de Santa Rita é a saúde. O hospital Municipal Maria Helena Freire por exemplo, dispõe de novos equipamentos para melhor atender a população.APARELHOS MODERNOS
Dentre os equipamentos modernos e importantes que foram adquiridos, vale destacar: oxímetro de pulso, eletrocardiógrafo, aparelho para exame hematológico, aparelhos de ultrassonografia. Continue lendo

Deu na veja: Estudo mostra que o cochilo pode criar memórias falsas

Segundo pesquisa inglesa, são as atividades cerebrais rápidas que ocorrem durante o período de descanso que provocam o fenômeno.

O sono é muito importante no processo cerebral, no entanto, ele também pode criar acidentalmente memórias de situações que nunca aconteceram

Sabe quando você lembra de algo, mas tem a sensação de que nunca viveu de verdade a lembrança? Pois bem, um estudo recente publicado na revista Neuropsychologia afirma que essas lembranças, conhecidas como “falsas memórias”, são provocadas pelos “fusos de  sono”, que são atividades cerebrais rápidas que ocorrem durante o período de descanso. Esses fusos ocorrem em um dos estágios mais leves do sono, chamado de estágio 2, que é definido por uma frequência cardíaca lenta e sem movimento ocular.

Continue lendo