Deu na Época: Bolsonaro não irá a Suzano

Jair Bolsonaro decidiu, pelo menos até agora, não ir a Suzano, onde houve o massacre na Escola Raul Brasil, em que morreram, ao menos, dez pessoas.

A informação foi confirmada oficialmente pelo Palácio do Planalto.

Bolsonaro está neste momento em seu gabinete, recebendo deputados evangélicos.

PUBLICIDADE

Às 18h30, o porta-voz do Planalto, Otávio Rêgo Barros, falará à imprensa.

O governo será representado por Ricardo Vélez, o ministro da Educação.

Está mantida a viagem de Bolsonaro aos Estados Unidos — o primeiro compromisso dele lá é no domingo.

Em entrevista, Wendell Lages fala de sua trajetória política e como pretende atuar no parlamento

O deputado Wendell Lages (PMN) foi o convidado desta terça-feira (12) do quadro “Sala de Entrevista”, do telejornal “Portal da Assembleia”, da TV Assembleia. Ele falou sobre sua trajetória política, como pretende desempenhar seu mandato e suas primeiras ações parlamentares.

Wendell Lages revelou que herdou o sangue da política do avô, que foi vereador, prefeito de Itapecuru-Mirim e deputado estadual. “Há 40 anos que a cidade de Itapecuru-Mirim não tem um autêntico representante nesta Casa, um filho da terra. Por isso, ao lado dos amigos, idealizamos o projeto de minha candidatura, que graças a Deus foi vitorioso. Hoje, Itapecuru volta a ter seu representante, que também representa todo o povo do Maranhão”, ressaltou.

O deputado disse que seus focos de atuação serão a discussão e elaboração de políticas públicas de valorização da juventude, de geração de emprego e renda e de fortalecimento do municipalismo. “Os municípios precisam de apoio e de quem enxergue a situação pela qual estão passando. Quero ser uma voz dos municípios nesta Casa e poder levar políticas públicas que possam, efetivamente, desenvolver os municípios maranhenses”.

Convivência no ambiente parlamentar

“Estou vivendo uma experiência bem diferente da que vivia como empresário, mas me sinto preparado. Apesar da pluralidade ideológica, que tem seu lado positivo, todos nós estamos empenhados em trabalhar pelo desenvolvimento do nosso estado. Mantendo a harmonia e o respeito às decisões de cada um, faremos com que o nosso trabalho seja bastante produtivo, E acredito que será”, afirmou Wendell.

Reconhecimento ao trabalho do Governo do Estado

O parlamentar reconheceu o trabalho realizado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) nas diversas áreas, principalmente na Educação, e destacou também o programa “Mais Asfalto”. “Praticamente todo mês, acompanhamos o governador inaugurando escola ou entregando ônibus escolares. Vemos, de fato, o trabalho do Governo do Estado nas diversas áreas. Parabenizo o governador e toda sua equipe e esperamos muito mais”, salientou.

Sinais de melhoras na economia

Wendell Lages, que é empresário, disse que já se percebe um quadro de pequena melhora na economia do Brasil do ano passado para cá. “Conseguimos fazer mais contratações e produzir mais. Acredito que os ajustes que estão acontecendo, no âmbito nacional, vão gerar um impacto positivo na economia e o país voltará a crescer”, acrescentou.

Situação do PMN

Quando indagado sobre sua permanência no PMN, que não atingiu a cláusula de barreira nas últimas eleições, o deputado disse não ter pressa em mudar de partido. “Não é tão necessário haver essa mudança agora. Vou deixar as coisas se organizarem melhor. Há coisas mais importantes a serem feitas, no momento, como, por exemplo, dar respostas à população que nos confiou seu voto”.

Quanto ao cenário da política nacional, Wendell Lages afirmou que é apenas o começo e que não há certeza do que acontecerá. “Por sermos todos brasileiros, precisamos manter a fé e acreditar que essas medidas farão do Brasil um país melhor. Eu prefiro aguardar do que criticar”, frisou.

COLÉGIO MILITAR DE SANTA RITA FUNCIONA EM NOVAS INSTALAÇÕES

A prefeitura de Santa Rita, por intermédio da SEMED, recentemente iniciou as aulas do colégio militar municipal em seu novo prédio.

Anteriormente, o colégio militar funcionava nas instalações da escola municipal Orlando Gasileu, localizado na rua do sol. Com o sucesso do colégio militar após sua implantação e o aumento da demanda, houve a necessidade de ampliação das instalações.

Recentemente a prefeitura autorizou a mudança da escola para o prédio que abrigava o IFMA, o que garantiu maior comodidade aos alunos e funcionários e o aumento na capacidade de matrículas.

Vale destacar que além do aumento da quantidade de salas de aula(todas climatizadas), o novo espaço também conta com refeitório, auditório e local para demais atividades extracurriculares.

Deputado Felipe dos Pneus propõe criação de Plano Estadual de Segurança das Barragens

O deputado estadual Felipe dos Pneus (PRTB) presidiu, nesta terça-feira (12), a reunião extraordinária conjunta das comissões de Obras e Serviços Públicos e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa, que tratou, entre outras coisas, da situação da Barragem do Rio Flores, no município de Joselândia. Na ocasião, foi definida agenda de trabalho naquela cidade, e, também, visita à Barragem do Pericumã, em Pinheiro, marcada para os dias 27 e 28 deste mês.

Felipe dos Pneus destacou a preocupação do Poder Legislativo com a questão e cobrou providências junto aos órgãos competentes sobre informações da gestão e das condições em que se encontram essas barragens. “Vamos colocar esta Casa à frente desse movimento por melhorias nas barragens, de modo que possamos propor ações efetivas de fiscalização, monitoramento e manutenção de todas as barragens, ouvindo a população, os municípios e órgãos que atuam na área”.

O deputado informou que já se reuniu com a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (CREA-MA), que inspecionará 11 barragens. Os parlamentares ouviram, ainda, representantes do Comitê das Bacias do Médio Mearim, sobre riscos de rompimento das barragens que ficam naquela região, alertando especialmente para o período de chuvas.

No próximo dia 16, haverá reunião na Câmara Municipal de Pedreiras, com a participação de prefeitos, vereadores, entidades e representantes das comunidades das cidades que ficam na região do Médio Mearim. “Sabemos da problemática de competência da gestão dessas barragens, que desde 2014 se encontram em total abandono. A do Rio Flores, por exemplo, possui capacidade de reservatório de 3 milhões de metros cúbicos e, caso haja rompimento, pode afetar dezenas de municípios em poucas horas, atingindo não só a fauna e a flora naquela região, mas, principalmente, milhares de vidas”, enfatizou o deputado, que é presidente da Comissão de Obras.

Deliberações

Dentre as deliberações da reunião, Felipe anunciou que proporá, junto aos demais deputados, a criação do Plano Estadual de Segurança das Barragens, com a participação dos governos federal, estadual e municipal, universidades, CREA-MA, ministérios Público Estadual (MPE) e Federal (MPF), Poder Judiciário, Famem, consórcios, comitês e outras entidades ligadas à área.  “O Maranhão será uns dos pioneiros a criar o Plano Estadual de Segurança das Barragens, colocando em prática a Lei Federal 12.334/2010, que trata da política nacional de segurança de barragens, adequando essa lei à realidade do nosso estado”.

Outra demanda apresentada na reunião diz respeito à ausência, no Maranhão,  de escritório do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), órgão responsável pelo acompanhamento das barragens. “O DNOCS, hoje, não possui unidade no Maranhão, uma grande preocupação nossa. A sugestão levantada na reunião foi a de que a administração passe para a CODEVASF”.

Estiveram presentes os deputados Rigo Teles (PV), presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Vinícius Louro (PR), Pastor Cavalcante (Pros), Zé Gentil (PRB), Adriano (PV), Rafael Leitoa (PDT) e Mical Damasceno (PTB).

Iniciado o ano letivo em Matões do Norte

Foi iniciada na manhã desta segunda-feira (11), a solenidade de abertura do ano letivo da rede municipal de ensino de Matões do Norte.

A solenidade aconteceu na Escola Julia Fonseca e contou a participação de professores, alunos, pais de alunos e autoridades.

A secretaria de Educação Geis Pierot deu boas vindas aos alunos, apresentou a equipe técnica da Semed e garantiu a disposição de todos os agentes envolvidos na busca de uma educação de qualidade.

O prefeito Padre Domingos enalteceu o trabalho da secretária e toda equipe da Semed e classificou Matões do Norte como uma referência em educação na região.

Conheça a história dos três irmãos que decidiram retirar o estômago para evitar câncer

A morte prematura da mãe e da irmã por câncer de estômago levou britânicos a fazer teste genético para identificar presença de gene cancerígeno.

Sophia, Omar e Tahir optaram por retirar o estômago ao descobrir que tinham um gene cancerígeno — Foto: Arquivo Pessoal/BBC

Três irmãos decidiram retirar o estômago após descobrir que eram portadores de um gene cancerígeno – e de terem perdido a mãe e uma irmã em decorrência do câncer de estômago.

Tahir Khan, de 44 anos, Sophia Ahmed, de 39 anos, e Omar Khan, de 27 anos, de Walsall, na Inglaterra, foram submetidos à cirurgia após passarem por uma bateria de exames no Hospital Addenbrooke, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

Eles dizem que a operação salvou suas vidas e “eliminou” o risco de desenvolverem a doença.

No entanto, descobriu-se agora que a filha de Tahir carrega o mesmo gene.

A mãe deles, Pearl Khan, tinha 49 anos quando morreu, há 16 anos, seis meses após ser diagnosticada.

Já a irmã, Yasmin Khan, morreu há seis anos, aos 32.

“A gente nem sequer pensava em testes genéticos naquela época, mas a Sophia foi muito persistente e conversou com a Cancer Research UK para nos examinar”, disse Tahir.

Além de Sophia, Omar e Tahir, outra irmã deles, Tracy Ismail, de 49 anos, também fez o exame.

O processo todo – de triagem e testes – nos quatro irmãos levou de cerca de 12 meses a três anos.

‘Totalmente devastada’

O resultado mostrou que três eram portadores do gene – e cada um decidiu se submeter à operação como medida preventiva. Sophia fez a cirurgia primeiro, seguida por Tahir e Omar.

Tracy foi a única dos quatro irmãos a descobrir que não tinha o gene:

“Eles disseram meu resultado primeiro, então eu pensei que seriam todos iguais”.

“Fiquei totalmente devastada.”

“Em determinado momento, nos disseram que, se não tivéssemos feito o teste, eu seria a única dos irmãos que restaria.”

“Sabendo o que minha mãe e minha irmã passaram, e tão depressa, encorajei eles a fazerem o procedimento, e eles ainda estão aqui.”

Pearl Khan, mãe deles, e Yasmin Khan, irmã, morreram de câncer no estômago — Foto: Arquivo Pessoal/BBC

Sophia contou que tomou a iniciativa por causa da irmã.

“Eu li nas anotações da minha irmã Yasmin no hospital que eles achavam que poderia ser genético, então eu pesquisei e descobri que o hospital de Cambridge estava fazendo um estudo com a Cancer Research UK. Entrei em contato com eles e fui até lá.”

“Todo mundo achava que eu estava louca até que os resultados voltaram, e quando vimos que éramos 3 de 4, sabia que tinha valido a pena.”

“Eu não tenho nada, além de coisas positivas a dizer sobre isso. Ainda posso comer e fazer tudo, a única questão é controlar meu peso e minhas deficiências de vitamina, mas em comparação com ter câncer de estômago e poucos anos de vida, não posso reclamar.”

“Eu até tive um filho após a cirurgia, eles pensaram que eu poderia ficar desnutrida ou que o bebê poderia nascer pequeno, mas tudo correu absolutamente bem.”

Agora, a comida que eles ingerem vai para uma “pequena bolsa” que conecta o esôfago ao intestino.

“Eu tenho que petiscar constantemente porque meu corpo simplesmente não consegue obter os nutrientes que precisa de outra forma”, disse Tahir.

“Meu irmão, por outro lado, ainda come como um cavalo!”

‘Melhor decisão’

Omar teve inicialmente uma reação diferente em relação à cirurgia.

“No começo, depois de tudo que tinha passado com a minha mãe e irmã, eu não queria saber de hospital, médico ou qualquer coisa do gênero.”

“Mas depois de ver a Sophia passar pelo procedimento e ter um filho, pensei que ‘não tinha desculpa’.”

“Foi uma decisão muito difícil para mim, mas foi a melhor que já tomei.”

“Ainda posso comer o que eu quiser – hambúrgueres, bifes – a única coisa que sinto é cansaço e suor frio, mas ainda estou respirando e sou muito grato por isso.”

No entanto, o exame da filha de Tahir, Farah, que tem 21 anos, também confirmou a presença do gene.

O processo de triagem e teste nos quatro irmãos levou de cerca de 12 meses a três anos — Foto: BBC

Estou preocupado com o futuro da minha filha, mas eu digo a ela que todos nós passamos por isso e estamos bem agora, então, aconteça o que acontecer, ela vai ficar bem”.

Tahir fez a cirurgia há cinco anos e meio, depois que o exame mostrou que ele tinha aglomerados de células cancerígenas no estômago.

“Não tenho dúvida de que os testes e o procedimento salvaram minha vida.”

“Este é um tipo específico de câncer de estômago muito raro”, explica o médico Marc Tischkowitz, especializado em genética médica, da Universidade de Cambridge.

“É um gene que os portadores podem ter a vida toda, e significa que eles correm risco de desenvolver câncer a qualquer momento.”

“Estima-se que apenas 3% a 10% dos casos de câncer estejam ligados a um gene defeituoso hereditário”, afirma Georgina Hill, da organização Cancer Research UK.

“Qualquer um que esteja preocupado com o risco genético de desenvolver câncer deve conversar com seu médico, que pode encaminhar quem tem um forte histórico familiar de certos tipos de câncer para uma clínica de aconselhamento genético, se for o caso”, orienta.

Por BBC

AO LADO DO PREFEITO Dr. HILTON GONÇALO DEPUTADO ARISTON BUSCA MELHORIAS PARA ESTRADAS DO MARANHÃO

Acompanhado pelo prefeito de Santa Rita e presidente estadual do AVANTE – Dr Hilton Gonçalo, o deputado estadual do AVANTE – Ariston Gonçalo, visitou a SINFRA com o objetivo de iniciar uma série de estudos referentes a implantação e melhoramento das estradas no estado.

Na ocasião, o prefeito e o deputado foram recepcionados pelo secretário-adjunto da SINFRA – Samuel Gonçalves, responsável pelo setor de Obras Rodoviárias. Uma das demandas, tratou sobre a implantação de uma MA que poderá ligar as cidades de Santa Rita e Presidente Vargas. A idéia surge como o alento à população que reside na região situada do outra lado do rio Itapecuru, mais especificamente no trecho que segue passando pela nova ponte de Santa Rita, povoado Veneza, povoado Tingidor até presidente Vargas.

Outra demanda tratada na reunião, foi a pavimentação da estrada que liga a cidade de Pastos Bons a Sucupira do Norte, uma importante obra que permitirá maior fluidez ao trânsito da região e proporcionará mais agilidade no escoamento da produção da região.

São duas importantes obras que devem garantir o progresso dessas importantes regiões do estado. Conheço palmo a palmo essas cidades e sei da importância da abertura e melhoramento dessas estradas.” – Garuntiu o deputado estadual Ariston Gonçalo.

Ao longo da nossa campanha, trabalhamos várias propostas de trabalho e hoje o deputado estadual Ariston está aqui buscando o cumprimento de uma dessas propostas que trata da criação e melhoramento das MA’s. Tenho certeza que o governo do estado, na pessoa do governardor Flávio Dino, será sensível a essa demanda, e com isso, ajudará no progresso de duas importantes regiões do estado. ” Ressaltou o presidente do AVANTE no estado, prefeito Hilton Gonçalo.

IEMA oferece 2 mil vagas em diversos cursos

Nesta sexta-feira (08), o Governo do Maranhão, por meio do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lançou edital para nova oferta de cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs) e oficinas de capacitação.

Solenidade de lançamento de cursos de Formação Continuada e oficinas de capacitação

Para o secretário adjunto de Suporte ao Sistema Educacional da Seduc, Anderson Lindoso, que no ato de assinatura de lançamento do edital representou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a educação do Estado só tem a ganhar com a integração do IEMA à Seduc e a nova oferta de cursos profissionalizantes pelo Governo do Maranhão.

“Estamos muito felizes com a chegada do IEMA para a Secretaria de Educação. Investir em educação, desde o início, desde a educação infantil, passando pelas séries iniciais, Ensino Médio, Ensino Profissionalizante, até a Universidade é valorizar, verdadeiramente, o nosso povo”, pontuou Anderson Lindoso.

“E investindo na formação das pessoas, estamos investindo em segurança pública, em saúde pública, porque, por meio da educação, a gente consegue diminuir todos esses índices negativos que nosso estado herdou durante décadas”, acrescentou.

Neste primeiro semestre, estão sendo ofertadas 2.015 vagas para diversos cursos profissionalizantes presenciais que englobam áreas de panificação, estética, mecânica de motocicletas, cabeleireiro, informática, assistente administrativo, entre outras.

“Nós estamos continuando um trabalho que democratiza a educação profissional cientifica e tecnológica para todos os maranhenses e o IEMA oferta, agora, essas vagas em 14 cidades, sendo 19 polos. Isso vai permitir que maranhenses, jovens e adultos de diversos lugares, possam ter acesso a cursos que atendem à demanda das cidades e permitem que, ao final, o aluno tenha não só um produto, mas, também, um diploma que o habilita a exercer aquela profissão”, declarou o reitor do IEMA, Jhonatan Almada.

Segundo o secretário adjunto de Educação Profissional e Inclusão Social da Seduc, André Bello, essa é mais uma importante etapa do Governo Flávio Dino que, desde 2015, vem investindo em capacitação e qualificação dos maranhenses. Ao longo desses quase 5 anos já foram mais de 26 mil pessoas qualificadas.

“Muitos desses alunos já estão empregados ou criaram suas próprias empresas e estão gerando renda. E esse é o grande objetivo do IEMA, sobretudo das unidades vocacionais, que é gerar emprego e esse propósito está sendo conquistado pouco a pouco com o empenho do governador Flavio Dino”, afirmou o secretário adjunto.

André Bello anunciou uma novidade que logo será lançada, também, pelo IEMA. É o lançamento de uma plataforma de oferta de serviços como de: eletricista, encanador, costureira, pedreiro, ou qualquer uma das mais 200 profissões que são geradas por meio dos cursos ofertados pelo Instituto.

“São mais de 200 profissões, nós podemos entrar na plataforma, buscar um serviço na cidade, contratar essas pessoas. Essa é uma ideia que nós tivemos para facilitar essa integração entre aluno, educação e emprego que é o nosso grande objetivo gerar emprego, gerar renda e a qualificação profissional, mais do que nunca. Agora, teremos esse caminho facilitador para atingir esses objetivos”, destacou André Bello.

As capacitações serão oferecidas nos municípios de Açailândia; Barra do Corda; Bequimão; Caxias; Codó; Carolina; Coroatá; Imperatriz; Pinheiro; Pedreiras; Ribeirãozinho; São Luís, nas unidades: Estaleiro Escola, Praia Grande, Convento das Mercês, Escola de Cinema, Coroadinho e Casa da Mulher Brasileira; São Mateus e Timon. As inscrições, que são gratuitas. Podem ser realizadas nas Unidades Vocacionais do IEMA destes municípios, no período de 11 a 14 de março, com confirmação das matrículas de 15 a 18 de março.

O outro diferencial desse edital são as ações intersetoriais com as Secretarias de Estado da Mulher (SEMU) e de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), por meio das quais  um percentual das vagas são ofertadas a mulheres em situação de violência, jovens e adultos trabalhadores (as) egressos(as) do trabalho escravo, com vista à qualificação profissional para fomentar a geração de emprego e renda, garantir autonomia econômica e viabilizar a reinserção social e no mercado de trabalho.

“O IEMA tem participado do esforço do Governo Estado de enfrentamento das desigualdades sociais através de oferta de oportunidades de profissionalização. Então nesse sentido, o edital desse ano, a exemplo dos anos anteriores, tem esse foco com uma diferença que é o atendimento a pessoas resgatadas do trabalho escravo e de mulheres vítimas de violência, afirmou o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves.

Francisco Gonçalves afirmou que, desse modo o IEMA oferece oportunidade de profissionalização. “E, também, se integra de forma consistente, ousada e focada na promoção e na proteção de direitos humanos do estado do Maranhão”.

Deputado Wendell Lages participa da recepção ao ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes

O deputado Wendell Lages participou juntamente com os deputados da Bancada Maranhense da recepção ao ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes.

A visita do ministro realizada na última sexta-feira visa discutir a situação da duplicação da BR-135 (trecho que liga Estiva a Mirando do Norte); bem como os gargalos que impedem o andamento da continuidade da obra. Na ocasião também ficou assegurado a recuperação do trecho da BR-222 que liga Entroncamento a Chapadinha.

O deputado Wendell Lages saiu confiante da reunião e com a garantia que as obras serão retomadas nos próximos dias, como uma das prioridades do governo federal, assim, sinalizou o representante do governo federal aos deputados presentes.

Continuaremos fiscalizando e sempre à disposição na cobrança por melhorias para os maranhenses” – destacou o deputado Wendell Lages.