Arame: Com agência bancária fechada, comerciantes e moradores sofrem sem dinheiro

O município de Arame situado na região sudeste do Estado, distante a 350 Km de Imperatriz, vem sofrendo ultimamente com a falta de agências bancárias na cidade. A única agência existente no município, a do banco Bradesco foi alvo de bandidos e os serviços estão suspensos praticamente desde três meses.

Foto: Wikipédia

Na cidade o caos está instalado e a população revoltada, onde já teve até manifestação de comerciantes e populares. Arame é um polo com inúmeras aldeias indígenas e com povoados distantes, sendo que, boa parte da economia é movimentada na sede do município, ou seja, onde estava localizada a agência bancária.

Nesta última quarta – feira (13), o representante do deputado Estadual Pastor Cavalcante na região,Valmir Vale, deslocou  se até a cidade de Grajaú onde conversou com o gerente titular da Agência do Bradesco de Arame.

Na oportunidade, Valmir Vale pediu urgência na reabertura da agência bancária de Arame e coletou as dificuldades. O objetivo foi levar as reivindicações de populares e as duras críticas de uma possível decisão da instituição financeira de suspender os atendimentos na cidade.

Valmir Vale e o gerente Jorge

Valmir Vale mencionou o sofrimento dos idosos aposentados, comerciantes e toda população que depende da única agência bancária para receber seus proventos e pagar faturas.

Vale mencionar que a única casa lotérica existente na cidade também se encontra fechada causando ainda mais transtornos aos cidadãos. Com isso, fica notório que a suspensão dos serviços bancários em Arame, atingem diretamente toda população e a economia local.

Atendimentos

Na ocasião, o Gerente do Bradesco disse que as providências estão sendo tomadas e que logo na próxima segunda – feira (dia 18), o banco estará com novo ponto de atendimento em outro local enquanto o prédio da referida agência seja reconduzido a normalidade.

Segundo o gerente os atendimentos provisórios vão amenizar 80% o sofrimento dos dependentes dos serviços bancários do Bradesco.

Valmir Vale inconformado com a situação fez contato com o deputado Pastor Cavalcante que deverá repercutir o caso na Assembleia Legislativa nos próximos dias. O deputado votado na região garantiu diante mão que vai cobrar da superintendência do Bradesco e dos Órgãos competentes agilidade aos serviços bancários em respeito aos cidadãos usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *