POPULAÇÃO AVALIA POSITIVAMENTE A POLICLÍNICA DE MATÕES DO NORTE E TRAVESSIA SAÚDE

Policlínica de Matões do Norte e Travessia Saúde

A população de 14 municípios da regional de Itapecuru-Mirim, que já contava com a oferta de diversas especialidades médicas na Policlínica de Matões do Norte desde julho do ano passado, conta agora também com transporte gratuito até a unidade. A novidade tem sido recebida com entusiamo pelos pacientes, que podem se deslocar de municípios vizinhos para as consultas, por meio do programa Travessia Saúde. 

A partir da articulação entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), os usuários do Serviço Único de Saúde (SUS) da região contam três rotas, passando pelos municípios de Vitória do Mearim, Arari, Pirapemas, Cantanhede e Matões do Norte. 

Vagner Soares, comerciante, 68 anos, de Cantanhede

O Travessia tem sido uma excelente alternativa para a servidora municipal de Miranda, Eliete Santos. Com o braço quebrado, a paciente tem ido constantemente receber atendimentos de ortopedia e realizar exames na Policlínica. “Se não tivesse esse transporte eu teria que vir de van, pagando. Ou viria com meu esposo de moto, o que seria bem difícil, já que estou com braço quebrado. Com o transporte do Travessia ficou bem melhor, é confortável e a gente economiza”, defendeu.

Também de Miranda, a dona de casa Lena Rocha utilizou pela primeira vez o serviço do Travessia Saúde e já sentiu a diferença: “Da última vez eu vim de moto, senti muitas dores. Hoje eu vim pelo Travessia e achei muito melhor”. 

Serviço

O transporte acontece de segunda a sexta-feira, das 6h às 18h, em três vans com capacidade para sete pessoas e um acompanhante por paciente, e é exclusivo para atendimento de demandas por tratamento de saúde não emergencial – o usuário terá direito a uma viagem diária. 

Para usar o serviço é preciso fazer um cadastro na Secretaria Municipal de Saúde de cada município, com o preenchimento da ficha de cadastro, cópia do RG, cópia do CPF, comprovante de residência, duas fotos 3×4, Número de Identificação Social (NIS) e comprovante de renda. O usuário necessita entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde do seu município com até 72h de antecedência da data da viagem e solicitar o agendamento. A partir disso, cada município é responsável por organizar as solicitações de agendamento, preparar as rotas de viagem e repassar as informações à Policlínica de Matões do Norte, para que ela encaminhe as vans para as regiões.

Policlínica

Lena Rocha, 42 anos, dona de casa, de Miranda

A Policlínica de Matões oferece atendimento ambulatorial, sala de curativos para pacientes diabéticos, colposcopia e preventivo, serviço de diagnóstico por imagem como endoscopia, raio-X, ultrassonografia 3D, assim como eletrocardiograma. A procura pelos mais diversos atendimentos tem registrado grandes números. Desde a inauguração, em julho de 2019, já foi alcançado a marca de 6 mil atendimentos só em consultas, e mais de 22 mil em Serviços de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (como exames de imagem e laboratoriais).

A Natália da Silva, de Matões do Norte, tem feito o acompanhamento do filho com o pediatra na Policlínica. Antes da entrega da unidade, ela precisava ir até São Luís. “Eu gostei demais que chegou a Policlínica, com pediatria para as crianças. Meu filho ia ser atendido em São Luís todas as vezes que ele precisava e ficava muito distante e difícil para conseguir carro. Agora melhorou 100%, a gente só vem aqui, marca e rapidamente é atendido”, pontua a mãe.

A unidade também faz atendimento ambulatorial em pediatria, ortopedia, nutrição, psicologia e serviço social, assim como urologia, gastroenterologia e ginecologia com direito a exames de preventivo e de diagnóstico. Para o diagnóstico e tratamento da hipertensão e diabetes, assistência em cardiologia, endocrinologia, clínica médica e nutrição.

Travessia Saúde

Como explica a supervisora administrativa da unidade, Samya Mirelle Dutra: “São mais de 12 especialidades, uma grande equipe médica e são realizados diversos tipos de exame; ganharemos em breve novas especialidades. O que diferencia a gente dos atendimentos dos municípios é que o paciente não precisa esperar um mês e enfrentar fila para receber atendimento em uma especialidade, todas as semanas terá atendimento”. 

Tanto a Policlínica quanto o Travessia Saúde servem à regional de saúde de Itapecuru-Mirim, formada por Anajatuba, Arari, Belágua, Cantanhede, Itapecuru-Mirim, Matões, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Urbano Santos, Vargem Grande e Vitória do Mearim. Para receber assistência especializada na Policlínica de Matões do Norte, o paciente precisa ser referenciado por unidade de saúde do município ou do estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *