Sucupira do Norte: Pastor é preso por suspeita de abusar de fiéis: Dizia que era ‘guiado por Deus’, afirma polícia

Segundo a polícia, pastor dizia as vítimas que elas estavam ‘possuídas’ e cometia os abusos. Suspeito foi preso no município de Sucupira do Norte, a 503 km de São Luís.

Pastor evangélico de 52 anos, suspeito de abusar de fiéis, foi preso em Sucupira do Norte (MA)

Um pastor evangélico, de 52 anos, foi preso na noite dessa quinta-feira (5) por suspeita de abusar sexualmente de fiéis de uma igreja evangélica no município de Sucupira do Norte, localizado a 503 km de São Luís. O suspeito dizia às mulheres que elas estavam ‘possuídas’ e as levava para o altar da igreja, onde cometia os abusos alegando que era ‘guiado por Deus’.

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), pelo menos seis vítimas realizaram denúncias por conta dos abusos. Todas as vítimas alegam que além dos crimes sexuais, o pastor também tocava em partes íntimas do corpo. O suspeito, que é natural de São Luís, mora no município há mais de 10 anos.

Segundo o delegado Francisco Taveira, da Delegacia Regional de São João dos Patos, os abusos foram cometidos durante o ano passado. A expectativa é que outras mulheres que foram vítimas do pastor evangélicos se apresentem em breve à polícia.

Após as denúncias, um mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz da Comarca de Mirador.

Em seguida, o suspeito foi encaminhado a Unidade Prisional de São João dos Patos, localizada a 540 km de São Luís, onde deve permanecer a disposição da justiça.
A operação foi nomeada de ‘Mateus 7:15’ por se referir ao versículo da Bíblia que diz “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores”.

G1 MA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.