UM SONHADOR: POR CARLITO AMARAL

Hoje, pela manhã, fui surprendido com a triste notícia da morte do jornalista, Ronald Damasnceno, vítima da Covid-19.

Conheci o Ronald ainda em seus últimos meses de sua passagem pela UFMA. Nos aproximamos pela relação institucional entre a prefeitura de Cantanhede e os consórcios CONLAGOS, REFEST e ITAPECURU. Viajamos e participamos de vários seminários, sempre por um debate saudável de idéias e sonhando em benefícios aos municípios.

Foi-se um sonhador, ficam as lembranças de um companheiro.
Aos familiares, meus mais profundos sentimentos.

Que Deus continue a te iluminar.

 Carlito Amaral
Cantanhede, 13/05/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.