CANTANHEDE: ZÉ MARTINHO USA EMERSON COSTA PARA TENTAR AUMENTAR TAXA DE ILUMINAÇÃO EM ATÉ 300 REAIS E BENEFICIAR EMPRESA DE ALIADO

O prefeito eleito Zé Martinho tentou dar um presente de grego aos cantanhedenses no apagar das luzes de 2020.

Kabão e Emerson

O prefeito Zé Liminar pediu ao vereador não eleito, futuro secretário de Educação e comunista desbotado, Emerson Costa do PL para apresentar um projeto de reajuste da taxa de iluminação pública.

O aumento mais que absurdo poderia chegar a R$ 300,00 na conta de luz do cantanhedense. Sendo como sempre foi, um soldado de prontidão e obediente de Kabão, o vereador que se despede (já foi tarde), e que sempre acendeu uma vela para Deus e outra para o diabo usou seus dois mandatos fazer discursos demagógicos e por trás dos panos defender interesses de empresários e patrões.

Neste caso, a ideia seria beneficiar a próxima empresa de iluminação pública, que segundo comentários nos senadinhos de Cantanhede será uma empresa de fachada comandada pelo empresário Ronaldo da Lotérica.

Mas a operação “Quem paga a conta?” só não teve êxito, devido ao veto do prefeito Ruivo. Mas certamente, Kabão irá procurar um outro soldado na câmara para apresentar o projeto, ou melhor, o presente de grego, pois o soldado Emerson Costa agora, ficará encostado na secretaria de Educação, onde terá que provar toda sua competência de crítico e se equilibrar no arame.

O vereador que se despede e que sempre tentou colocar a classe de professores, pais de alunos e a opinião pública contra o poder executivo, a partir de janeiro, estará do outro lado do balcão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.