Empresário de Matões do Norte é apontado como chefe de rede criminosa de licitação no Maranhão

Segundo o Ministério Público, Lupércio Alves de Lima comanda rede criminosa que desvia dinheiro dos cofres públicos.

O empresário Lupércio Alvez de Lima foi apontado como chefe de uma rede criminosa que desvia dinheiro dos cofres públicos do municípios localizados na região de Itapecuru Mirim, conforme as informações do Ministério Público.

Lupércio Alvez teria fraudado mais de R$ 63 milhões em licitações de fachada, como a do escândalo do carnaval de 2016 em Itapecuru Mirim, município do Maranhão.

O caso ganhou mais repercussão após uma reportagem do programa “Repórter Record Investigação”, onde mostra que Lupércio Alvez teria uma acordo com o Prefeito de Itapecuru Mirim, Magno Amorim, que lhe garantia vencer as licitações feitas pelo Município.

Conforme a reportagem, o empresário indicava as empresas que iriam ganhar, que seriam laranjas para desviar o dinheiro.

O empresário ainda tinha contrato com várias prefeitura da região, sendo 21 prefeituras, conforme um levantamento feito pelo Tribunal de Contas. No total, seria quase R$ 16 milhões só para limpar fossas.

Lupércio Alvez mora na cidade de Matões do Norte. Quando a equipe da reportagem entrou em contato com o empresário, o mesmo não soube explicar sobre o assunto e negou os contratos feitos com as prefeituras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *