Governo do Maranhão irá convocar 50 novos policiais militares aprovados no último concurso


O governo do Maranhão irá convocar 50 novos policiais aprovados nos último concurso para ajudarem no atual efetivo da Polícia Militar no Estado. O anúncio foi feito pelo líder do governo, o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) durante a sessão parlamentar na manhã de hoje na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Ainda de acordo com o parlamentar, o governador Flávio Dino (PCdoB) juntamente com o secretário de segurança pública, Jefferson Portelas, irão entregar centenas de viaturas ao sistema de segurança. Tudo isso anunciado para próximo mês.

A convocação dos novos policiais veio em meio mais uma polêmica envolvendo o a segurança pública do Maranhão. Segundo o deputado Wellington, vigilantes de uma empresa privada estariam fazendo o trabalho da polícia militar na região de Centro Histórico de São Luís. Realizando rondas, abordagens e apreensões, tudo de maneira irregular conforme denúncia do parlamentar.

Wellington têm sido o grande defensor dos aprovados nos concursos públicos realizados pelo governo do Maranhão. Em seus discursos, o deputado sempre mantém sua defesa pela nomeação desses aprovados, principalmente na área segurança pública. Inclusive, o pronunciamento do deputado Rafael Leitoa foi em reposta ao discurso do deputado Welington do Curso, que mais uma vez cobrava o governo por melhorias na segurança do Estado.

Durante a sessão de hoje, o deputado Wellington teve dois requerimentos negados pela base do governo. O primeiro deles, seria o envio de um ofício à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e Polícia Militar do Maranhão. No documento, o Wellington solicitou a informação do quantitativo exato da Polícia Militar no Maranhão.

O outro requerimento, seria justamente o pedido de esclarecimento sobre o caso dos vigilantes na região do Centro Histórico de São Luís, porém, mais uma vez a base do governo negou.

Apesar dos requerimentos terem sido negados, Wellington prometeu fazer de forma oficial direto do seu gabinete.

Apesar da convocação ser de responsabilidade do governo, os créditos pela pequena conquista se devem ao deputado Wellington, que muitos antes de ser deputado já defendia o emprego através do concurso público, e desde o início da sua carreira política essa têm sido uma de suas principais bandeiras do seu mandato.

Veja o discurso do deputado Rafael Leitoa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.