Secretário Júnior Vieira, acompanhado do Deputado Federal Aluísio Mendes, vai a Brasília viabilizar recursos para a Secretaria de Segurança Alimentar (SEMSA)


Em Brasília, o secretário municipal de Segurança Alimentar, Júnior Vieira, acompanhado do Deputado Federal Aluísio Mendes, participaram de uma reunião com o Ministro da Cidadania, João Roma, e o Secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Celso Toshito Matsuda. O objetivo da reunião, articulada pelo Deputado Aluísio com o apoio do prefeito Eduardo Braide, foi buscar recursos federais para ampliar as ações da SEMSA na capital maranhense.

O secretário Júnior Vieira destacou que o Prefeito Eduardo Braide colocou a saúde da população ludovicense como prioridade na Gestão Municipal. E dentro dessa visão, está a necessidade de ampliar as políticas públicas que fortaleçam as ações da SEMSA, para promover uma alimentação adequada e saudável em várias fases da vida, e principalmente, da população mais vulnerável.

Temos pressa para ampliar as ações da SEMSA. E garantir alimento à mesa da população mais vulnerável é prioridade, assim como melhorar o sistema de saúde em meio ao caos provocado pela pandemia. Por isso, defendo a união e o diálogo. Agradeço o apoio e a confiança do prefeito Eduardo Braide, a parceria fundamental do Deputado Aluísio Mendes, que tem nos ajudado muito, e toda a receptividade do Ministro João Roma e Secretário Nacional, Celso Toshito. Saio satisfeito dessa reunião e com a afirmativa de que, em breve, teremos boas notícias para a nossa São Luís”, analisa o secretário Júnior Vieira.

Durante a reunião, o Ministro João Roma e o Secretário Celso Toshito conheceram algumas estratégias que integram o atual plano da SEMSA para alavancar a agricultura familiar em São Luís e cuidar da alimentação segura e adequada à população.

Dentro desse propósito da nova gestão da SEMSA, estão ações para: aumentar os contemplados do PAA (atualmente são 93 beneficiados); implantar o Banco Municipal de Alimentos; construir cozinhas comunitárias fixas e móveis; adquirir equipamentos e máquinas para a produção rural; aquisição de alimentos para distribuição de cestas básicas entre outras ações.

O ministro João Roma sinalizou recursos e ações para São Luís, tanto é que já estive com os técnicos do Ministério da Cidadania para alterar alguns de nossos projetos, que em breve, serão contemplados com o apoio do Governo Federal”, afirma Júnior Vieira.

Segundo os últimos dados do IBGE, divulgados no começo de 2020, o Maranhão é o Estado onde mais brasileiros vivem em extrema pobreza. Mediante a essa realidade, o secretário Júnior lembrou ainda que investir em políticas públicas para fomentar a segurança alimentar também significa salvar vidas.

Assegurar alimentação para todos, é uma tarefa que exige um esforço conjunto em todas as esferas do poder público. Estou ciente dos nossos desafios. Por isso, vou continuar buscando recursos e parcerias para o acesso regular e permanente à alimentação adequada do ludovicense”, afirma o titular da SEMSA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *