Presidente da Câmara de Bacabeira gasta 13 vezes mais com assessoria jurídica que antecessor


Em apenas três de gestão, o presidente da Câmara de Bacabeira, Jefferson Calvet (PSC) demonstra que pretende gastar 13 vezes mais com assessoria jurídica do que seu antecessor Tchabal de Lauzinho (PSB).

Acostumado a usar suas redes sociais para condenar a ‘corrupção petista’, o chefe do legislativo firmou um contrato onde pretende pagar R$ 102 mil, para “prestação de serviços contínuos de assessoria e consultoria jurídica, inclusive, na área de gestão pública para atender as demandas de interesse do legislativo”, segundo constatou a reportagem junto ao Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas (Sacop).


Curioso é que pelo mesmo serviço, o antecessor de Jefferson Calvet pagou exatos R$ 7 mil e 500 reais no ano de 2018, conforme números que relatório de contratações públicas disponíveis no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA). Nos dois casos, não é possível identificar se os valores firmados são mensais ou anuais.

No entanto, o gasto com assessoria jurídica só não é maior porque o parlamento bacabeirense vai pagar R$ 222.444,78 para aquisição de material de consumo, tipo: expediente, limpeza/higiene e gêneros alimentícios.

Além disso, fica mais do que claro o mal exemplo de Jefferson contra a corrupção. A ‘honestidade’ dele em relação aos petistas só não é maior por um detalhe: ele vem escondendo dos vereadores e da população os contratos que já realizou.

No entanto, nos próximos dias vamos revelar todas as contratações já firmadas pelo legislativo bacabeirense nos últimos quatro meses, levando em conta os meses de janeiro, fevereiro, março e abril. Aguardem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *