ABSURDO: Em Estreito, moradora afirma que filha recebeu metade de um pão como lanche no hospital


O descaso na saúde do município de Estreito desde o início da gestão do atual prefeito Léo Cunha (PL), vão muito além que denúncias da falta de médicos e medicamentos.

De acordo com uma moradora do município, a filha que estava no hospital, recebeu a metade de um pão como lanche. Ela relata ainda todo o sofrimento das filhas no hospital.

Ouça abaixo o áudio:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.