Veja quem tem direito ao Auxílio Cidadão de R$ 120 em São José de Ribamar

Prefeito é acusado de beneficiar cabos-eleitorais e deixar de fora, famílias que votaram em outros candidatos.


O prefeito Dr. Julinho (PL), editou na última sexta-feira (07), Decreto regulamentando a Lei que cria o benefício de R$ 120 reais à famílias carentes do município de São José de Ribamar.

Com muita polêmica antes mesmo da criação do Auxílio, quando o prefeito anunciou, em reunião, que cabos eleitorais fariam a seleção das famílias que receberiam o benefício, o decreto ainda parece muito confuso e tem gerado muitas críticas.

O número de beneficiados, que Julinho garantiu que seriam de 10 famílias, foi reduzido para 3.017 famílias. Já o valor, anunciado inicialmente de R$ 105 reais, saltou para R$ 120, reais.

Ainda de acordo com o decreto, o valor será pago durante três meses e a gerência será feita por sua esposa, Gilvana Duailibe, titular da Secretaria de Assistência Social de São José de Ribamar.

No documento, também não há nenhuma previsão de cadastro online ou local para que as famílias busquem informações.

Enquanto isso, em bairros como a Quinta e a Cidade Alta, por exemplo, por determinação do prefeito Dr. Julinho, o cadastro foi feito por uma cabo-eleitoral, que é acusada de desfavorecer desafetos com quem ela não mantém boa relação.

De acordo com o decreto, que você pode conferir aqui, para ter direito a receber os R$ 120 reais, o cidadão deve preencher os seguintes critérios: Esteja inserido na base nacional do Cadastro Único; Possuam cadastro atualizado nos últimos dois anos; Não sejam beneficiários do Programa Bolsa Família; Estejam enquadrados em situação de pobreza, ou seja, renda familiar mensal de R$ 0,00 até R$ 178 mensais;

Clique aqui para ver a publicação no Diário Oficial de Ribamar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *