CAOS NA SAÚDE DE ESTREITO: População quer fazer abaixo-assinado para tirar Léo Cunha da Prefeitura, após mortes de dois bebês e uma mãe em 24 horas

Após a morte de uma mãe e dois bebês, que morreram ainda na barriga, à população de Estreito já mostra a grande insatisfação com a gestão de Léo Cunha (PL) em menos de seis meses.

Uma das mortes foi registrada nesta segunda-feira (19), quando uma grávida procurou por diversas vezes o hospital de Estreito. Só após a morte da criança a grávida foi encaminhada para Imperatriz com o filho morto dentro de seu ventre. A segunda e terceira morte foi nesta terça-feira (21), quando uma grávida procurou por atendimento médico e morreu dentro do hospital, após receber uma suposta medicação.

Após a grande repercussão à população e moradores do município, pedem a saída de Léo Cunha do comando do município. Em uma rede social, uma moradora convida à população para um abaixo-assinado.

Ouça os áudios abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *