Revelado! Por que Santa Inês se tornou modelo de gestão no Maranhão em 6 meses

Nas ruas de Santa Inês e também por onde se passa na zona rural do município, quando o assunto é a atual gestão, é muito comum frases do tipo: “é a primeira vez que a gente vê isso acontecendo”, “nunca um governo tinha olhado pra gente”, “está mesmo de parabéns porque está fazendo pensando em todos”, “em seis meses de mandato, nunca se tinha visto uma gestão tão atuante”.

Esse sentimento da população de Santa Inês se deve ao modelo implantado pela atual gestão, encabeçada pelo jovem Felipe dos Pneus, que mantém sua postura de trabalhador incansável pela população que desempenhou quando foi deputado estadual. Ele sempre dizia em período de campanha que “mais importante que a experiência é a vontade de fazer de verdade pelo povo, que é mais que merecedor”.

Veja a seguir os principais pontos que tornam Santa Inês modelo:

1 – A diferenciação da gestão do Tempo de Crescer começa logo no alto escalão. Todos os secretários e diretores de departamentos são técnicos com resultados comprovados. Ou seja, o secretariado de Felipe dos Pneus já é uma quebra de padrão num costume praticado em todo o país em que os secretários são forma de pagamento de favor de campanha. Com isso, a administração pública passa a ter uma postura de empresa privada, em que trabalha para dar resultados ao povo. O que se traduz em organização, seriedade e transparência.

2 – A descentralização dos serviços é um destaque à parte. Desde o mês de abril que a prefeitura criou um movimento intitulado “Santa Inês mais perto de você”, em que todas as secretarias vão à zona rural levando seus serviços à comunidade. Este modelo inclusive foi adotado pelo município de Lago da Pedra. Lá eles chamaram de “Avança Zona Rural”. Está levando formação profissionalizante para a comunidade como forma de geração de renda no campo.

3 – O asseguramento de grandes obras é outro diferencial. Em 6 meses, Felipe dos Pneus conseguiu verba para a construção de um novo mercado municipal, que ficou esquecido desde os anos 1990. Já assegurou a reforma da principal Praça desportista do município, o Estádio O Binezão. Também apresentou o projeto arquitetônico da nova rodoviária. Está quase concluindo a reforma do hospital municipal provisório. Realizando manutenção das estradas vicinais para o escoamento da produção agrícola e recomposição asfáltica das ruas da sede. E por último assegurou a instalação de uma unidade do hospital Aldenora Belo no município.

4 – O olhar humanizado, sensível, que valoriza o cidadão e o servidor tem sido outro ponto muito comentado na cidade. Santa Inês aderiu ao projeto de valorização da mão-de-obra carcerária; cadastrou carroceiros ofertando vários serviços de saúde e sociais; no dia das mães, doou mais de 45 toneladas de alimentos; pagou auxílio para artistas e produtores da cultura; sem falar da força tarefa em combate à Covid-19, em que Santa Inês é um dos destaques em cobertura vacinal;

Portanto, isso tem feito Santa Inês se tornar modelo para outros municípios que começam a atuar de maneira semelhante. Ah, sem esquecer do trabalho de comunicação que tem sido literalmente copiado Brasil afora.

Ao saber que somos referência, isso nos deixa feliz. Porque o que é bom é pra ser compartilhado mesmo. Isso aumenta ainda mais nossa responsabilidade em continuar evoluindo e oferecendo o melhor para nossa gente” – destaca Felipe dos Pneus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.