FAESF prevê atraso em conclusão de curso de Enfermagem prejudicando centenas de novos profissionais da nossa região


Estudantes do curso de Enfermagem da Faculdade de Educação São Francisco (FAESF) reclamam do atraso do cronograma de estágio, o que deve atrasar a colação de grau em pelo menos seis meses. Por causa disso, alguns afirmam que devem perder oportunidades de emprego. Tendo em vista que o curso deveria encerrar em dezembro de 2021, com o atraso, o término está previsto para julho de 2022.

Os alunos relatam que o atraso vem desde o semestre anterior e estão matriculados no decimo período do curso, tendo apenas uma disciplina das duas previstas na grade curricular em curso, que é a disciplina de “Oficina de artigo”, enquanto o “Estágio Curricular II” que deveria ter iniciado a pelo menos dois meses só terá início na data de 21 de setembro e que de acordo com o cronograma de estágio só terminará seis meses depois do prazo previsto, em julho de 2022, causando prejuízos á aqueles que precisariam estar com certificado de conclusão de curso em mãos para poder dar entrada no Conselho Regional de Enfermagem, o COREN, para que possam assumir seus empregos.

Segundo alguns alunos a justificativa da faculdade é que a turma é muito grande e o campo de estágio disponível, o Hospital Macrorregional de Coroatá comporta apenas quatro alunos por grupo em cada turno, matutino e vespertino. A turma tem 40 alunos matriculados, os alunos ainda devem cumprir carga horária em Pedreiras.
Outro fato é de que haviam campos disponíveis enquanto os alunos estavam parados, sem previsão para início em Coroatá essa carga horária poderia ter sido iniciada nos campos de Trizidela do Vale e Pedreiras, para que adiantasse e o prazo de termino não se estendesse de forma tão exorbitante. Os alunos também relataram que um funcionário da faculdade deu garantia de que eles iriam concluir o curso no mês de dezembro do ano em curso, que é quando encerra o contrato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.