Esquema de “rachadinha” coloca prefeito de Bela Vista na mira do Ministério Público

O prefeito de Bela Vista do Maranhão, Augusto Filho, que foi denunciado pelo vereador Alex Torres da Silva sob acusação de contratação de servidores públicos em excesso como forma de possibilitar a prática de distribuição dos salários entre os funcionários que não estariam na folha de pagamento do Prefeitura. A prática é conhecida como “rachadinha”.

De acordo com o vereador, alguns servidores possuem remuneração muito alta e há excesso de contratação para cargos como gerente administrativo, vigia e zelador, os quais estariam recebendo sua remuneração e repassando para pagar outros servidores, sendo que nem todos os contratados constam efetivamente da folha de pagamento do município.

Junto com o prefeito estão sendo investigados os servidores Pedrina de Sousa da Silva Gomes, Carlindo da Silva Santos, Hugo Marinho de Araújo Cavalcante, Gleiziane Ferreira Artman, George dos Santos, Elza Silva Rocha Leire, Salomão da Silva Costa e Valdonir dos Santos Nogueira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.