Em carta, Felipe Camarão retira pré-candidatura ao governo e reafirma apoio a Carlos Brandão e Flávio Dino

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão (PT), encaminhou nesta quinta-feira (13) carta endereçada ao novo presidente do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores no Maranhão, Francimar Melo, retirando oficialmente sua pré-candidatura ao Governo do Estado e reafirmando apoio às pré-candidaturas de Carlos Brandão (governador) e Flávio Dino (senador).

Incialmente lançado numa pré-candidatura a uma vaga na Câmara Federal, Camarão acabou tendo seu nome colocado pelo PT como governável para a corrida eleitoral deste ano, numa articulação que surgiu à partir do próprio partido, mas com mexidas de pedras no xadrez também por parte do núcleo de estratégia política do governador Flávio Dino.

Como a escolha do governador Flávio Dino (PSB) foi pelo nome do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), oficializada na badalada reunião dos partidos da base política do grupo que comanda o Palácio dos Leões, a expectativa era que Camarão seguisse o mesmo rumo.

Confirmada, portanto, no comunicado:

Em virtude da atual conjuntura política vivenciada em nosso estado; pelo bem de um projeto nacional do nosso Partido dos Trabalhadores, cuja tática principal é clara, no sentido de eleger o presidente Lula e constituir uma forte bancada federal nas eleições de 2022; pela minha posição de aliado do governador Flávio Dino, que já apresentou o nome do vice-governador Carlos Brandão como sua escolha pessoal para a sucessão no Governo do Maranhão e, neste sentido, não há como ser aliado e adversário ao mesmo tempo, venho manifestar, através desta carta, minha decisão de retirar minha pré-candidatura ao cargo de Governador do Estado, no pleito de 2022”, justificou o secretário.

Além de endereçar conteúdo justificando sua decisão para o presidente do Diretório Estadual, Camarão também encaminhou carta no mesmo sentido “aos companheiros e companheiras” da legenda, mas agradecendo pela acolhida.

Neste primeiro dia 13 de 2022, ano no qual a esperança renasce em cada um de nós na expectativa de que está próximo um novo tempo para nossa nação, dirijo-me a vocês, primeiramente, com o coração cheio de gratidão pela bravura, companheirismo e afeto que vocês demostram a mim desde o dia da minha filiação até hoje. Obrigado pelo acolhimento de sempre”, escreveu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.