Novo aliado de Léo Cunha diz que foi desperdício construção de faculdade em Estreito


O mais novo aliado do prefeito Léo Cunha e defensor do gestor nas redes sociais mostrou mais uma vez que a Educação deve ficar como último critério na gestão do atual prefeito de Estreito.

Identificado como Quintino, ele afirmou em um grupo de WhatsApp que foi ‘desperdício’ a construção da faculdade no município de Estreito. De acordo com ele, os cursos oferecidos na faculdade, poderiam ser disponibilizadas em escolas do município.

Porém o novo defensor de Léo Cunha, mostrou falta de conhecimento ao afirmar tal absurdo e desconhece os requisitos para a implantação de um curso superior com qualidade de ensino aos alunos. Entre os cursos oferecidos pela faculdade UEMASUL – Campus Estreito, está o curso de Agranomia, que se faz necessário o uso de laboratório, campo e estrutura.

O prédio da UEMASUL em Estreito foi feito pela Prefeitura Municipal de Estreito e custou cerca de R$ 6 milhões aos cofres públicos. Atualmente foi doado ao Governo do Maranhão, para que ofereça os cursos de forma gratuita aos milhares de estudantes de famílias carentes do município que não tem condições de pagar por um curso superior. Mas pelo jeito o novo aliado de Léo Cunha é contra a UEMASUL em Estreito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.