Juiz suspende eleição da mesa diretora da câmara municipal de Estreito


O Juiz de Direito Bruno Nayro de Andrade Miranda, Titular da 1ª Vara da Comarca de Estreito, vedou a recondução do Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Estreito, Tavane de Miranda Firmo, anulando a eleição e cassando seu mandato de presidente para o biênio 2023/202. Com a sentença ficou determinada nova eleição para o cargo.

O vereador Tavane exercerá a Presidência da Câmara somente até o dia 31 de dezembro deste ano.

“DETERMINO que ele (Tavane), na forma e no prazo regimentais, CONVOQUE novas eleições para o biênio 2023/2024 apenas para a Presidência da Câmara de Vereadores, ciente de que o descumprimento da presente ordem poderá implicar crime de desobediência (art. 330 do Código Penal) e adoção de providências subrogatórias, mandamentais e indutivas que assegurem o resultado prático equivalente ao do adimplemento (art. 139, IV, do NCPC)”, diz o juiz na decisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.