Entrevista com a secretária municipal da mulher de Cantanhede Betânia Soares

Secretária da Mulher Betânia

O portal de notícias de Cantanhede e região, ME INFORMO esteve com exclusividade com a Secretária Municipal da Mulher de Cantanhede, Betânia Soares para uma entrevista. A secretária cumprirá uma agenda intensa de palestras e reuniões, onde o foco é a comemoração dos 11 anos da Lei Maria da Penha.Veja na integra sua entrevista:

Me Informo – Onde está localizada a sede da Secretaria da Mulher de Cantanhede?
Secretária Betânia Soares: Avenida Rio Branco, s/n – Centro.

Qual será o foco da sua Secretaria neste primeiro momento?
Estamos com a campanha de comemoração dos 11 anos da Lei Maria da Penha, que vamos trabalhar nos meses de setembro e outubro sobre a aplicabilidade da Lei. inclusive já estamos com a seguinte programação:

Quarta-feira: 13/09/2017 – Firmina Barros/Cajuí; início da palestra às 16:00 h.

Quarta-feira: 20/09/2017 – Hildo Oliveira; início da palestra às 17:00 h.

Quarta-feira: 27/09/2017 – Getúlio Vargas; início da palestra às 17:00 h.

Quarta-feira: 04/10/2017 – José de Melo; início da palestra às 10:00 h.

Segunda-feira: 09/10/2017 – Câmara Municipal; início da palestra às 08:00 h e a tarde uma caminhada pelas principais ruas da cidade com concentração na Secretaria Municipal da Mulher às 16:00 h.

Quarta-feira: 11/10/2017 – Povoado Garrafinha; início da palestra às 10:00 h.

Quarta-feira: 18/10/2017 – Povoado São Patrício; início da palestra às 10:00 h.

Terça-feira: 24/10/2017 – Trizidela (Pov. Galvão, Pov. Candiba e Pov. Mangueirão); início da palestra às 10:00h.

Qualquer pessoa pode levar ao conhecimento das autoridades competentes a ocorrência de casos de violência doméstica e familiar?
Sim, qualquer pessoa pode levar ao conhecimento das autoridades competentes, casos de violência doméstica e familiar, mesmo em situações em que a vítima não apresente queixa.

Quais as principais formas de violência doméstica e familiar?
Violência física; entendida como qualquer conduta que ofenda a integridade ou a saúde corporal da mulher, como:
Violência psicológica; entendida como qualquer conduta que cause dano emocional e diminuição de autoestima. Direito e ir e vim.
Violência sexual; consiste em conduta a presenciar, manter ou participar de relação sexual não desejada. Impedir a mulher de tomar contraceptivo.
Violência patrimonial; entendida com qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de seus objetos ou instrumento de trabalho.
Violência moral; qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injuria.

Qual o papel da Secretaria diante de uma denúncia?
Depende da situação, a vitima pode vir diretamente à Secretaria da Mulher ou já ir à delegacia e posteriormente hospital, setor jurídico, promotoria e finalmente fórum.

Qual seu compromisso como Secretária Municipal da Mulher no combate à violência de gênero?
Quando o Prefeito Ruivo e o vice-prefeito Dr. Elvy me confiaram esse cargo de Secretária Municipal da Mulher, tenho certeza que eles já sabiam da minha responsabilidade e do meu compromisso com as mulheres do nosso município. Estarei sempre à disposição para ajuda-las a enfrentar essas situações constrangedoras e pessoais no seu âmbito familiar, pois para falar de família é muito doloroso.

O que deve fazer uma mulher vítima de violência domestica e familiar?
Deverá comparecer à delegacia e relatar a ocorrência dos fatos e também procurar apoio da Secretaria da Mulher.

Quem é Maria da Penha?
Ela é uma Biofarmacêutica, cearense que no ano de 1983, enquanto dormia recebeu um tiro do então marido Marco Antonio, professor e depois que se recuperou sofreu novamente outra tentativa de assassinato por eletrocussão; após 19 anos de luta e busca por justiça seu agressor foi condenado em duas ocasiões (1991 e 1996) e foi solto por meio de recurso jurídico. Depois de um longo processo de luta no brasil e no exterior, em 07 de agosto de 2006 foi sancionada a lei 11.340. com muita dedicação e senso de justiça, Maria da Penha mostrou para a sociedade a importância de se proteger a mulher da violência sofrida no ambiente onde menos se espera, seu próprio lar.

Faça suas considerações finais?
Deixo aqui nosso E-mail: [email protected]

Na oportunidade quero mais uma vez dizer as mulheres de nossa Cantanhede que estamos à disposição enquanto secretária com toda estrutura necessária para prestar o apoio e suporte dentro do planejamento arquitetado pela gestão do Ruivo e Dr. Elvy. Agradeço ao nosso deputado Júnior Marreca que tem nos dado uma atenção de extrema relevância para trabalhar em prol das mulheres de Cantanhede. Agradeço ainda ao prefeito Ruivo e ao vice Dr. Elvy, a nossa primeira dama Leidiane Chaves pelo apoio que sempre me deu nessa jornada, e por fim, ao portal de notícias ME INFORMO que tem divulgado nossas ações enquanto secretária e pela oportunidade dessa entrevista, estarei sempre a disposição.
Muito Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *