Descaso: Fazendeiro denuncia gestão do Prefeito Kabão em Zona Rural de Cantanhede

Um ponte localizada na comunidade Pataqueira, Zona Rural de Cantanhede, desabou neste sábado (06) enquanto um caminhão passava pelo local.

Em vídeo, indignado com a situação, um fazendeiro conhecido como Jozimar mostra o descaso da atual gestão da Prefeitura de Cantanhede. O fazendeiro reclama da falta de compromisso do Prefeito Zé Martinho com o povo de Cantanhede.

Sendo uma ponte de madeira, a ponte acabou desabando por falta de manutenção e com o tempo de chuva, acabou cedendo ao tempo e a falta de infraestrutura.

Acabou de cair uma ponte aqui em Pataqueira. Isso ai é um negócio muito sério e falta de compromisso de nossos gestores como nossa população. Tá nem ai para ninguém. Se quiser, que morram“, declarou Jozimar em vídeo.

Veja o vídeo:

Jenipapo dos Vieiras e Araioses ocupam as piores posições no ranking de vacinação do Estado


Com apenas 35,7% e 37,33% de vacinas aplicadas até agora, os municípios de Jenipapo dos Vieiras, administrado pelo prefeito Amóbio do Carro Velho (PDT), e Araioses, administrado pela prefeita Luciana Trinta (PCdoB), ocupam as duas piores posições no ranking de vacinação contra Covid19.

Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde e foram atualizados na noite desta sexta-feira (05).

De acordo com o novo decreto, os municípios que não comprovarem que já aplicaram no mínimo 60% das doses recebidas, não poderão receber nova remessa de vacinas.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, 40 cidades estão abaixo de 60% das doses aplicadas, e seguem inaptas a receberem novas remessas.

Prefeitura de São Domingos recebe nova ambulância do Governo do Maranhão

O município de São Domingos recebeu, nesta quinta-feira (04), uma nova ambulância do Governo do Estado do Maranhão.

O prefeito Kleber Tratorzão esteve presente em São Luís para receber o veículo que somará para a qualidade do atendimento da saúde no município, principalmente na atual situação de pandemia que vive o estado.


Em nome da população, o prefeito Tratorzão agradeceu aos parlamentares, ao governador Flávio Dino e ao secretário Estadual de Saúde Carlos Lula.

É uma parceria importante e esta ambulância chega em um momento importante de pandemia e vai servir para transportar nossos pacientes emergenciais”, afirmou o prefeito durante o recebimento das chaves da ambulância.

Iniciada fiscalização em Santa Inês para cumprimento das medidas emergenciais de combate a Covid-19

A Vigilância Sanitária em parceria com outros órgãos como as secretarias de Meio Ambiente e Indústria, Comércio e Turismo; a Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, iniciou a fiscalização para que sejam cumpridas as medidas emergências de combate ao Covid-19, conforme o Decreto Nº 07, publicado na última quarta-feira e que passou a vigorar nesta sexta-feira, 5.

As blitzen de fiscalização seguirão por todo o período de vigência do Decreto 07 e em horários alternados. Além das ações já conhecidas da população, como o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social, durante a fiscalização é observada a redução de 50% da capacidade de clientes nos estabelecimentos, além do horário excepcional de funcionamento.

De acordo com o Decreto, alguns eventos estão suspensos até o dia 14, como festas, aniversários, casamentos e até mesmo som mecânico em bares. “Já tem um ano que estamos praticando essas medidas. Agora é só um momento em que precisamos ser mais rígidos pelo nosso próprio bem. Portanto, caso haja descumprimento dessas medidas, os estabelecimentos serão notificados” – explica Jânio Fernando, Chefe da Vigilância Sanitária de Santa Inês.

A população ao ver os órgãos fazendo a fiscalização, aprova a medida e concorda que está na hora de agir com mais união para vencermos essa doença que tem tirado a vida de milhares de pessoas. “Quem precisa sair de casa para trabalhar, que saia, mas que tome todo cuidado do mundo. É nossa vida que está em jogo” – diz o Taxista, Sebastião Lima.

Já a Dona de Casa, Maria do Carmo, ao ver os ficais agindo, além de parabeniza-los pela ação, reiterou que todos devemos fazer nossa parte. “Gente, é só usar máscara, lavar bem as mãos e ficar distante… se essa é a melhor forma de vencer esse mal, então vamos cumprir” – conclui

Veja na íntegra o Decreto Nº 07

Agentes Comunitários de Saúde solicitam apoio do vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Dr. Gutemberg

Em busca de melhorias para a categoria, representantes da Diretoria do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de São Luís estiveram com o vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Dr. Gutemberg (PSC), para apresentar algumas reivindicações dos trabalhadores.

Participaram da reunião: a presidente, Flor de Lys; a vice-presidente, Jucineide Ribeiro; o diretor, Carlos Alberto; a secretaria Elessandra Melo e a diretora financeira, Claudinéia Soares Maria.

Durante a reunião, a Diretoria dos Agentes Comunitários pediu para que o médico e vereador, Dr. Gutemberg, seja o representante deles e faça o papel de interlocutor com a Prefeitura de São Luís.

Na pauta de reivindicações, eles solicitaram: Regularização do pagamento do Vale Transporte dos servidores, que se encontra em atraso; Transposição do Regime trabalhista de Celetista para Estatutário; Incentivo para os agentes que estão atuando na luta contra a Covid-19; Incentivo Natalino e Seletivo Público.

O agente comunitário de saúde tem um papel muito importante no acolhimento.  Ele atua na promoção, proteção e prevenção da saúde, acompanhando as famílias da comunidade em suas casas e orientando sobre as formas de acesso ao SUS.

Esses profissionais carregam consigo uma função essencial no SUS: aproximar a população do sistema de saúde. Eles têm um papel muito importante no acolhimento, pois são membros da equipe que faz parte da comunidade. E nada mais justo do que os nossos agentes, que tanto nos ajudam, também terem suas reinvindicações atendidas. Recebo essa missão da categoria com muita responsabilidade. E juntos vamos batalhar para que as solicitações sejam atendidas”, afirma Dr. Gutemberg.

Em Brasília, Josimar articula e aprova lei que beneficia o setor de eventos


Foi aprovado, na Câmara dos Deputados, durante sessão legislativa nesta quarta -feira (03), o Projeto de Lei 5638/20, que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O deputado federal, Josimar Maranhãozinho (PL), votou a favor do projeto, mas apontou algumas ressalvas pertinentes.

Infelizmente o Perse não contemplou os artistas autônomos, que estão sendo muito prejudicados há um ano. Quanto às empresas, temos que buscar soluções mais efetivas para elas e não postergar uma dívida que não se sabe se terão condições de pagar. Devemos, aqui em Brasília, buscar mecanismos para que os empresários tenham fôlego financeiro para continuar suas atividades”, disse o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL).

O Perse visa salvar o setor de eventos por conta da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. O deputado federal Josimar Maranhãozinho, liderança nacional do Partido Liberal, articulou com seus pares a aprovação do projeto.

Entre as medidas, o projeto parcela débitos de empresas do setor de eventos com o fisco federal. Haverá também alíquota zero do PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) por 60 meses e a extensão, até 31 de dezembro de 2021, do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac) para as empresas do setor.

Apoiador da cultura e dos eventos como fonte de estimuladora do turismo regional, o deputado Josimar acredita que outras medidas têm que ser tomadas. “O setor de eventos precisa de mais apoio e de soluções mais amplas. Do contrário, milhões de profissionais do setor irão padecer. Por isso que eu questiono alguns pontos, para contribuir com o debate e solucionar o problema desses profissionais”, disse Josimar.

São José de Ribamar: Dr. Julinho humilha Prado Carioca

Prado Carioca e Dr. Julinho

O Prefeito Dr. Julinho (PL), conseguiu em menos de 24hs, humilhar publicamente um dos maiores apoiadores do futebol Ribamarense.

Nomeado em um dia

Nomeado no dia 03 de março para ocupar o cargo de Coordenador Esportivo da Secretaria de Educação, bastou apenas um dia de comemoração de Prado Carioca e a classe esportista do município, para que o prefeito Dr. Julinho, sem nenhuma explicação, exonerasse o desportista no dia seguinte.

Exonerado no outro

O ato premeditado pelo gestor está sendo considerado como plano de humilhação contra Prado, que apoiou o médico durante a campanha que levou Julinho a vitória.


Filiado ao Avante, partido presidido pelo vice-prefeito Júnior Lago, a humilhação tem o aval também do presidente do partido de Prado Carioca, que foi pré-candidato ao cargo de vereador e antes da eleição era considerado como importante apoio na ala do esporte Ribamarense.

Prefeito Zezinho agradece apoio do programa Pacto pela Paz em reunião com Dr. Discival

Na manhã do dia 03 de março de 2021 estiveram na Secretaria de Segurança Pública do Maranhão o Prefeito Zezinho de Santa Helena, junto com Presidente do Conselho do Pacto pela Paz da região em visita ao Delegado Dr. Discival.

Na ocasião o Prefeito Municipal destacou a importância de receberem as instruções para realizar um bom trabalho nas instituições.

Secretário Júnior Vieira, acompanhado do Deputado Federal Aluísio Mendes, vai a Brasília viabilizar recursos para a Secretaria de Segurança Alimentar (SEMSA)


Em Brasília, o secretário municipal de Segurança Alimentar, Júnior Vieira, acompanhado do Deputado Federal Aluísio Mendes, participaram de uma reunião com o Ministro da Cidadania, João Roma, e o Secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Celso Toshito Matsuda. O objetivo da reunião, articulada pelo Deputado Aluísio com o apoio do prefeito Eduardo Braide, foi buscar recursos federais para ampliar as ações da SEMSA na capital maranhense.

O secretário Júnior Vieira destacou que o Prefeito Eduardo Braide colocou a saúde da população ludovicense como prioridade na Gestão Municipal. E dentro dessa visão, está a necessidade de ampliar as políticas públicas que fortaleçam as ações da SEMSA, para promover uma alimentação adequada e saudável em várias fases da vida, e principalmente, da população mais vulnerável.

Temos pressa para ampliar as ações da SEMSA. E garantir alimento à mesa da população mais vulnerável é prioridade, assim como melhorar o sistema de saúde em meio ao caos provocado pela pandemia. Por isso, defendo a união e o diálogo. Agradeço o apoio e a confiança do prefeito Eduardo Braide, a parceria fundamental do Deputado Aluísio Mendes, que tem nos ajudado muito, e toda a receptividade do Ministro João Roma e Secretário Nacional, Celso Toshito. Saio satisfeito dessa reunião e com a afirmativa de que, em breve, teremos boas notícias para a nossa São Luís”, analisa o secretário Júnior Vieira.

Durante a reunião, o Ministro João Roma e o Secretário Celso Toshito conheceram algumas estratégias que integram o atual plano da SEMSA para alavancar a agricultura familiar em São Luís e cuidar da alimentação segura e adequada à população.

Dentro desse propósito da nova gestão da SEMSA, estão ações para: aumentar os contemplados do PAA (atualmente são 93 beneficiados); implantar o Banco Municipal de Alimentos; construir cozinhas comunitárias fixas e móveis; adquirir equipamentos e máquinas para a produção rural; aquisição de alimentos para distribuição de cestas básicas entre outras ações.

O ministro João Roma sinalizou recursos e ações para São Luís, tanto é que já estive com os técnicos do Ministério da Cidadania para alterar alguns de nossos projetos, que em breve, serão contemplados com o apoio do Governo Federal”, afirma Júnior Vieira.

Segundo os últimos dados do IBGE, divulgados no começo de 2020, o Maranhão é o Estado onde mais brasileiros vivem em extrema pobreza. Mediante a essa realidade, o secretário Júnior lembrou ainda que investir em políticas públicas para fomentar a segurança alimentar também significa salvar vidas.

Assegurar alimentação para todos, é uma tarefa que exige um esforço conjunto em todas as esferas do poder público. Estou ciente dos nossos desafios. Por isso, vou continuar buscando recursos e parcerias para o acesso regular e permanente à alimentação adequada do ludovicense”, afirma o titular da SEMSA.

Santa Inês comprova mais de 80% de aplicação das doses de vacinas contra a Covid-19

Uma falha no sistema do Ministério da Saúde causou transtornos a alguns municípios maranhenses quanto ao fornecimento de informações da imunização contra a Covid-19. Santa Inês foi um desses municípios atingidos por esta falha. O erro foi detectado após a publicação de Decreto do Governo do Estado em que restringia repasse de novas doses aos municípios com índice de cobertura vacinal abaixo de 60%.

Uma lista com 167 municípios foi divulgada nesta quinta-feira, 4, como inaptos a receber novos lotes das vacinas. A Secretaria de Saúde de Santa Inês questionou a incompatibilidade de informações, já que diariamente os dados são disponibilizados no sistema.

Além de alimentar o sistema com informações reais, semanalmente encaminhamos ao Ministério Público uma lista nominal dos vacinados. Transparência e seriedade são premissas que levamos muito à sério. Afinal, estamos tratando da saúde da nossa gente” – destacou a Secretária, Maria Rita Bacelar.

Durante auditoria realizada durante esta quinta-feira, Santa Inês comprovou mais 80% de cobertura vacinal contra a Covid. Das 2 mil 462 doses recebidas, 2 mil 081 foram administradas. No entanto, por causa de erro no sistema, essas informações não foram repassadas em totalidade. Esse “bug” no sistema do Ministério da Saúde vem causando transtornos desde o inicio da vacinação, em que os municípios repassam dos dados, mas que demoram muito para serem atualizados.

O município chega ao quarto grupo prioritário para receber a vacinação. Após os profissionais de linha de frente da saúde, pacientes em tratamento oncológico com quimioterapia e radioterapia com comprovação médica; portadores de doença renal crônica em tratamento por meio de hemodiálise e idosos com idades acima de 90 anos, agora chegou a vez das pessoas com idade a partir de 80 anos.

A Secretaria disponibilizou número de telefone para que a família dos idosos acamados solicitem a ida da equipe móvel até às casas para fazer a imunização em domicílio. O contato é 98 98578-8095.