Prefeito interino pretende esvaziar as contas públicas de Bela Vista

O Ministério Público precisa ficar de olhos abertos nas contas públicas do município de Bela Vista do Maranhão.

O site do Luís Pablo foi informado que o prefeito interino Valdinar da Silva Lima pretende esvaziar o cofre antes de deixar o comando do Poder Executivo Municipal.

Vereador Valdinar

Alguns empresários com contratos na prefeitura teriam sido chamados para uma “conversa”. O objetivo será pagar as empresas para dar um ar de legalidade, mas há suspeita de propina na efetuação desses pagamentos.

Valdinar é vereador e presidente da Câmara de Bela Vista. Ele é casado com a irmã do prefeito cassado Orias de Oliveira Mendes (PCdoB), que perdeu o mandato junto com a vice Vanusa Santos Moraes (MDB).

O vereador apoiou o candidato Danielzinho, que foi derrotado nas eleições de domingo, dia 12. Danielzinho é ex-cunhado de Orias.

Em decorrência da eleição, a juíza Denise Pedrosa da Comarca de Santa Inês-Ma determinou, na última sexta-feira, dia 10, o bloqueio de todas as contas do município para preservar a moralidade administrativa, a transferência e a lisura do processo eleitoral suplementar que ocorreu no último domingo.

A decisão da magistratura teve prazo até segunda-feira, dia 14. Desde ontem (15), após a liberação das contas públicas, que a movimentação na prefeitura está sendo grande porque o prefeito interino deve ficar no cargo até a próxima semana.

Quem vai assumir a prefeitura será Augusto Filho, que venceu as eleições suplementar no domingo. O prefeito eleito tenta na Justiça o bloqueio das contas públicas para evitar um suposto desvio nos cofres da prefeitura.

Abaixo a decisão proferida pela juíza:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *