Após denúncia de Blog, Portal da Transparência da Prefeitura de Estreito é retirado do ar


Após uma matéria denunciando uma suposta fraude em um processo licitatório da Prefeitura de Estreito, entre o prefeito Léo Cunha e seu pregoeiro. O Portal da Transparência foi retirado do ar.

O caso que já foi denunciado no Ministério Público, aponta que um pregão presencial 001/2021 PP não foi publicado o seu edital no SACOP e tão pouco no portal da transparência, o Edital e o termo de referência precisam serem divulgados para que a lei seja cumprida. Segundo o denunciante isso já é jogada da CPL para viabilizar um suposto esquema no processo licitatório, favorecendo apenas a empresa favorita do prefeito.

Após a denúncia, o Portal da Transparência da Prefeitura de Estreito, simplesmente foi retirado do ar. Como mostra a imagem abaixo.

Cabe agora uma resposta rápida do Ministério Público de Estreito, antes que os cofres públicos sejam lesionados, com processos licitatórios fraudulentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *