Maranhãozinho encolhe pela metade se optar por Weverton Rocha

O deputado federal Josimar do Maranhõazinho pode diminuir seu patrimônio eleitoral pela metade ao colocar cerca de 50 prefeitos e 700 vereadores numa verdadeira “saia justa”.

O compromisso desses prefeitos e vereadores era com um Josimar candidato situacionista ao governo do Estado.

O compromisso desses prefeitos e vereadores era com um Josimar candidato situacionista ao governo do Estado. Esse cenário já não existe. Pior ainda é Maranhãozinho querer transformá-los em apoiadores de Weverton Rocha, um pré-candidato ao governo que rompeu com o Palácio dos Leões e se anuncia numa guerra contra o ex-governador Flávio Dino, que é pré-candidato ao senado, e ao atual governador Carlos Brandão, pré-candidato natural à sua própria sucessão.

Pele menos 50% desses prefeitos e vereadores se sentem impossibilitados de se colocarem nessa outra aventura. Isso significa que Josimar poderá até ir para Weverton, mas sem metade do que tem hoje como seus apoiadores. Pior para Maranhõazinho é a real possibilidade de não ter mais esses prefeitos e vereadores como eleitores nem para a sua reeleição de deputado federal.

Foram dois grandes rompimentos com o projeto 2022: não é mais pré-candidato ao governo e muda completamente de campo político. Muitos pré-candidatos à câmara federal do campo de Carlos Brandão e Flávio Dino monitoram como muito interesse o desfecho desse anunciado movimento brusco de Maranhãozinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.