Onze pacientes com Covid-19 vindos de Manaus recebem alta do Hospital Universitário em São Luís

Pacientes vindos de Manaus com Covid-19 recebem alta no Hospital Universitário Presidente Dutra (HU-UFMA) em São Luís (MA)

Ao som de toada do Bumba-meu-boi do Maranhão, os pacientes tiveram alta nesta quarta-feira (27) e receberam o carinho dos profissionais de saúde da unidade. Há ainda 18 pessoas em tratamento contra a doença no HU-UFMA.

Onze pacientes de Manaus que vieram para São Luís, receberam alta médica nesta quarta-feira (27), após terem sido curados da Covid-19. Os pacientes estavam internados no Hospital Universitário Presidente Dutra (HU-UFMA), localizado na capital maranhense.

Com uma bandeira do Maranhão, os pacientes saíram do hospital ao som de ‘Maranhão meu tesouro, meu torrão’, toada do Boi de Maracanã, grupo de Bumba-meu-boi, manifestação cultural popular no estado e que, desde 2019, é Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade, título concedido pela UNESCO.

Durante a saída, eles foram aplaudidos e receberam o carinho dos profissionais de saúde da unidade, que seguravam cartazes que celebravam a cura dos pacientes.

Na porta do hospital, os amazonenses posaram para fotos e comemoraram a recuperação. Em agradecimento aos cuidados recebidos durante o período de internação, eles seguraram uma faixa com a mensagem: “Vencemos à Covid! Obrigado HU-UFMA/EBSERH! Obrigado São Luís”.

De acordo com a assessoria do hospital, os pacientes embarcaram no fim da tarde no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, na capital, em um voo volta ao Amazonas. Os pacientes haviam chegado à São Luís entre os dias 15 a 19 de janeiro, em voos da Força Aérea Brasileira (FAB).

Ao todo, São Luís recebeu 39 pacientes após o colapso no sistema de saúde do Amazonas, ocasionando pelo aumento no número de internações e casos de Covid-19. Os pacientes foram internados no HU-UFMA, que mobilizou mais de 100 profissionais de saúde para a ação.

Desde a chegada na capital, 20 pacientes já tiveram alta hospitalar e um veio à óbito. Segundo o HU-UFMA, oito pacientes seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sete na enfermaria e três na área de Clínica Médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *