Assessor de Léo Cunha é denunciado na Polícia Civil após comentários machistas e preconceituosos

Uma mulher identificada como Michelly Marques de Sousa e moradora do município de Estreito, registou um Boletim de Ocorrência nesta quinta-feira (22) após ser alvo de comentários machistas e preconceituosos.


De acordo com a ocorrência registrada na Polícia Civil, ela relata que foi vítima de comentários machistas e preconceituosos. Segundo ela, após se manifestar sobre o descaso da saúde no município, o assessor do prefeito, Léo Cunha começou a lhe insultar.

O assessor identificado como Figueiredo, teria mandado Michelly procurar uma “trouxa de roupa”, chamando a mesma de gaiata, mentirosa, desocupada e boca porca.

Michelly deve representar criminalmente contra Figueiredo pelos crimes de INJÚRIA E CONSTRANGIMENTO.

Ouça o áudio abaixo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.