PREFEITURA DE SÃO LUÍS, POR MEIO DA SEMSA, INICIA MAIOR DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS QUE SÃO LUÍS JÁ TEVE

A Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa) segue sendo a principal aliada do prefeito Eduardo Braide no combate à fome na capital maranhense. Em mais uma ação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a prefeitura de São Luís comprou 11 toneladas de alimentos da agricultura familiar.

Foram 400 agricultores  da Zona Rual de São Luís beneficiados com a compra direta de seus produtos. Com isso, foram entregues 450 cestas de alimentos para famílias da Vila Cabral Miranda e região de Pedrinhas.

Esse aumento inédito do PAA em São Luís é fruto dos esforços do secretário Júnior Vieira, titular da Semsa, que tem cumprido diversas agendas em Brasília, buscando parcerias com o Ministério da Cidadania.

Vale lembrar que há cinco anos, o PAA em São Luís atendia apenas 93 agricultores. Com a nova Gestão do Prefeito Eduardo Braide, 400 agricultores estão sendo beneficiados, e mais famílias estão recebendo alimento de qualidade.

A ampliação do PAA integra o plano de assistência social da Semsa, que tem o objetivo de minimizar os impactos da pandemia, garantindo às pessoas em vulnerabilidade o atendimento às suas necessidades básicas e condições dignas de sobrevivência. Agradeço ao prefeito Eduardo Braide pela confiança em nosso trabalho. Estamos juntos em busca de uma São Luís melhor para todos”, afirma  o secretário Júnior Vieira.

Além da execução da Semsa, são parceiras do PAA: a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e a Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas) por meio dos Cras – Centro de Referência de Assistência Social.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é um programa do Governo Federal com duas finalidades: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar.

Para o alcance desses dois objetivos, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, além dos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e à rede pública de ensino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.