DESCASO! Gestante de Estreito precisa buscar atendimento médico em Porto Franco e acaba perdendo o bebê

Uma gestante do município de Estreito, que estava com sangramento, perdeu o bebê após ir diversas vezes no Hospital Municipal de Estreito em busca de atendimento médico.

Após o quadro se agravar, foi orientada a realizar uma ultrassom, mas no hospital não fazia e as clínicas do município estavam fechadas, devido ao feriado.

Sem opções, a família recorreu busca atendimento médico em Porto Franco, mas quando chegou ao município vizinho de Estreito, o sangramento se agravou e ela perdeu a criança.

A família acusa o Hospital Municipal de Estreito de negligência médica. Este não é o primeiro caso envolvendo gestante e mortes. No mês de julho no ano de 2021, em um intervalo de 45 dias, três bebês morreram na barriga da mãe. Logo após a secretaria de Saúde pediu demissão, na época.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.